Em Rio Preto da Eva, buraqueira causa prejuízos e transtornos para produtores rurais da ZF9

By -

buracos-ramalDa Redação – Produtores rurais que têm plantações localizadas às margens do ramal da ZF 9, no município de Rio Preto da Eva (distante 80 quilômetros da cidade de Manaus), já não sabem a quem recorrer, pois a situação dos ramais esta ficando precária e perigosa todos os dias.

Eles mantiveram contato com a prefeitura local, a Sepror também o Incra, pois a situação é critica. Buracos se transformam em crateras e a preocupação existe uma vez que estamos no verão, com escassez de chuvas, o que possibilitaria a realização de uma manutenção preventiva no local.

Enquanto nada é feito, os prejuízos se acumulam. O único carro da Associação dos Agricultores, uma pick-up, está com a suspensão danificada devido aos inúmeros buracos existentes nos ramais.

O presidente da Associação, Arildo Barros, está de mãos atadas, pois não sabe a quem apelar. “Sinceramente, não sei quem pode nos ajudar, pois conseguimos através de uma cota adquirir diesel para ser utilizado nas máquinas e mesmo assim ninguém se manifestou para nos ajudar”, desabafou Arildo Barros.

Antônio Conceição, que também é um produtor de bananas, está sofrendo com a situação já que o trabalho tem que ser dobrado. “A situação é critica, pois precisamos ter um cuidado especial na colheita dos frutos, no armazenamento e no transporte. Com os ramais cheios de buracos a situação fica difícil”, afirmou o agricultor.

Se não bastasse o forte verão, que impossibilita uma irrigação adequada nas lavouras, agora os maiores produtores de bananas do Amazonas sofrem com a falta de manutenção dos ramais da ZF9. (Kennedy Lyra)

Roberto Brasil