Em Parintins, prefeito e vice aumentam as próprias diárias

By -

Apesar de toda a crise financeira propagada na cidade de Parintins, o atual prefeito Bi Garcia (PSDB) que ganha R$ 20 mil reais  e Tony Medeiros (PSL) que ganha mais de R$ 14 mil reais, deram um jeitinho de aumentar o próprio salário.  Bi Garcia assinou decreto nº 024/2017-PGMP que alterou o decreto 063/2010 para aumentar o valor das diárias dele e do vice Tony Medeiros. O valor que era R$ 580,00 passou para R$ 732,32. Se a viagem for para outro Estado o valor pago por cada diária individual é de R$ 964,91, conforme consta no Diário Oficial do Município através do link http://www.diariomunicipal.com.br/aam/materia/461F60D3.

O mais estranho é que Bi Garcia (PSDB) e Tony Medeiros (PSL) através do decreto Nº018/20174-PGMP instituíram em caráter emergencial de 90 dias Estado de Emergência Financeira e Administrativa no Município de Parintins alegando que a cidade “vive situação de instabilidade financeira e administrativa”.

Fazendo um comparativo de ganhos, o cidadão comum trabalha 30 dias para ganhar um salário mínimo no valor de R$ 937, enquanto o chefe do executivo municipal da ilha de Tupinambarana receberá R$ 732,32 por dia trabalhado.

Somente no mês de janeiro com viagens Bi e Tony além dos salários de prefeito, também receberam um total de R$ 8.787,84 (oito mil, setecentos e oitenta e sete reais e oitenta e quatro centavos. “O prefeito decretou calamidade econômica em Parintins que ninguém sabe se o tribunal aprovou ou não, mas se tá em situação econômica ruim, como que ele decreta o aumento  das próprias diárias de viagem, dele e do vice e ao invés de priorizar a reforma da Praça do Cristo poderia priorizar uma operação tapa buracos , você não acha?” indagou o cidadão Gerson Almeida do Bairro do Castanheira.

A liberação do pagamento das diárias está comprovada no diário oficial. Bi Garcia são sete diárias e meia (http://www.diariomunicipal.com.br/aam/materia/2F063D66) e Tony Medeiros mais quatro diárias e meia (http://www.diariomunicipal.com.br/aam/materia/43B99093).

Nos primeiros 40 dias da gestão, o governo federal e estadual enviou para as contas da prefeitura de Parintins o valor superior a R$ 13 milhões de reais. O prefeito não atendeu as ligações da reportagem feita ao número 994xx06xx. Entramos em contato com o secretário de Comunicação, Gil Gonçalves, que afirmou já ter encaminhado as dúvidas relacionadas ao aumento das diárias à Controladoria Geral Municipal. (Hudson Lima – Especial para o Blog da Floresta)

Roberto Brasil