Em momento constrangedor, Trump se recusa a cumprimentar Merkel

By -

“Você quer dar o aperto de mãos?” perguntou a chancele alemã ao presidente americano

A visita da chanceler alemã Angela Merkel ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, nesta sexta-feira resultou em um momento constrangedor na Casa Branca. Durante a sessão de fotos no Salão Oval, os fotógrafos pediram um aperto de mãos entre os dois chefes de Estado, mas o líder americano se recusou a cumprimentar a colega.

Câmeras de vídeo presentes registraram o momento em que a chanceler pergunta a Trump se ele vai atender aos pedidos: “Você quer dar o aperto de mãos?”. O presidente americano ignora Merkel, e nem olha para ela.

O aperto de mãos entre o presidente dos EUA e a mulher mais poderosa do mundo era um dos momentos mais aguardados do encontro, principalmente depois que o peculiar cumprimento de Trump, acostumado a surpreender seus interlocutores com vigorosos ‘chacoalhões’, ganhou destaque nas redes sociais.

Há um mês, o magnata conheceu um adversário à altura com a visita do primeiro-ministro canadense Justin Trudeau. Ao contrário do premiê japonês Shinzo Abe, do indicado para a Suprema Corte americana Neil Gorsuch, e do vice-presidente Mike Pence, Trudeau não se deixou intimidar pela demonstração de dominância de Trump, e o cumprimento firme do premiê viralizou nas redes.///VEJA

Roberto Brasil