Em Manicoré, aconteceu cerimônia de abertura de 3 cursos indígenas da Ufam

By -

DSC_0069

Na manhã de ontem (09), foi realizada em Manicoré a cerimônia de abertura dos cursos de licenciaturas para área Indígena da UFAM que irá dispor de 3 cursos no município,  a abertura aconteceu em uma das salas do Núcleo da UEA-AM local que fica situado na Estrada Alameda José Cleto de Oliveira (Estrada da Expomani).

 

Os cursos indígenas serão divididos em 03 (três) turmas que correspondem as seguintes áreas: Humanas Sociais com 20 alunos, Biologia com 20 alunos e Letras e Artes ficando com 19, perfazendo assim um total de 59 alunos que irão participar desses cursos da UFAM.

DSC_0001

Para a realização dos cursos da Ufam, o Núcleo da UEA local estará cedendo o espaço devido para que as aulas possam ser ministradas pelos professores da Ufam, a aula inaugural terá inicio na tarde desta segunda feira (09) onde os alunos começarão a usar apenas uma sala, sendo que após seis meses, é que haverá a divisão das turmas e respectivos cursos.

A Coordenadora do Curso Indígena da Ufam, professora Rita Flora Mar disse que essa é a primeira vez que ver a presença de um prefeito participando de uma cerimônia de abertura de um curso da Ufam em municípios que já esteve e que se sente feliz e agradecida pela parceria da Ufam junto a UEA para ceder seu espaço a esta Instituição Federal, concluiu a professora.

FOTO CAPA MANICORÉ EM FOCO55

Para o prefeito municipal Lúcio Flávio do Rosário (PSD), “o que depender da Prefeitura, o Governo Municipal estará sempre à disposição dentro do que for necessário para atender a todos”.

Esteve participando da cerimônia além do Prefeito Lúcio Flávio do Rosário, a Coordenadora do Curso de Indígena da Ufam, professora Rita Flora, o Coordenador Regional da Seduc-Manicoré Professor Bosco França, o Coordenador de Educação Municipal Indígena da Semed  Professor Barreto, a Gerente do Núcleo da UEA de Manicoré professora Suelda de Paula, o vereador Helton Paes, demais Instituições Indígenas locais, professores da Ufam e alunos cursistas.

Mario Dantas