Em discurso, Sandra Braga reitera defesa da ZFM e de maior participação das mulheres na política

By -
Sen. Sandra Braga

Sen. Sandra Braga

Em seu primeiro pronunciamento na tribuna do Senado, a senadora Sandra Braga (PMDB/AM) disse, nesta quarta-feira (4), ter a expectativa de que a Câmara dos Deputados possa aprovar o projeto que estende os benefícios fiscais da Zona Franca (ZFM) para a região metropolitana de Manaus. O PL 2633/2011 depende de análise de recurso enviado à Mesa Diretora para que possa voltar a tramitar na Casa, após ter recebido parecer desfavorável no ano passado.

“Trata-se de medida indispensável à definitiva implantação do processo de interiorização do desenvolvimento econômico e social do Amazonas, permitindo que os jovens, que são a maioria dos trabalhadores das fábricas da Zona Franca, possam trabalhar e estudar nos municípios em que residem, sem necessidade de se deslocarem para a capital”, explicou a senadora.

Sandra Braga afirmou acreditar que após votação na Câmara, o projeto possa ser votado também no Senado ainda este ano. No discurso, ela reiterou compromisso em lutar para impedir que os incentivos diferenciados da Zona Franca de Manaus sejam, de alguma forma, objeto de tentativas de contestação e de ataques.

“Esses incentivos não são um favor concedido pelo estado ao Amazonas, mas um instrumento sem o qual seria inviabilizada qualquer tentativa de promover a integração ao Brasil da vasta e rica região amazônica, onde vivem 15 milhões de brasileiros, muitos deles sem as condições mínimas de existência asseguradas pela cidadania”, destacou.

Pauta Feminina

 No pronunciamento, a senadora reiterou apoio à bancada feminina do Senado na luta pela eliminação da violência e de todas as formas de discriminação contra as mulheres. Ela lembrou que apesar do aumento da participação das mulheres em espaços políticos, segundo os números das últimas eleições, a representação ainda está aquém da participação feminina no conjunto da sociedade brasileira.

“Nosso esforço deve ser direcionado no sentido de estimular a participação feminina no debate político e de convencer um número cada vez maior de mulheres da necessidade de sua participação no processo político, principalmente como representantes do povo em todas as esferas do Poder”, disse.

Em aparte, a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB), procuradora da Mulher do Senado, agradeceu o apoio de Sandra e lembrou o momento histórico de haver duas mulheres representando um mesmo estado na Casa.

“O Amazonas teve a primeira mulher senadora do Brasil, a Eunice Michiles. E agora o estado é pioneiro novamente, por ser o único a ter duas mulheres senadoras na mesma bancada”, afirmou.

Mario Dantas