Em Brasília, Governador José Melo consegue recursos de R$ 185 milhões para obras dos anéis viários Sul e Leste

By -

Durante reunião com o Ministro das Cidades, Bruno Araújo, em Brasília (DF), nesta terça-feira (21), o Governador José Melo obteve a liberação do investimento de R$ 185 milhões de uma emenda impositiva destinada para a construção dos anéis viários Sul e Leste, que vão ligar o Distrito Industrial ao Aeroporto Internacional Eduardo Gomes. No encontro, que teve a presença do Senador Omar Aziz e dos deputados federais, Pauderney Avelino e Átila Lins, foi tratado sobre a liberação de recursos para a construção de quatro mil unidades habitacionais e para obras de contenção em áreas de risco na capital.  

Os anéis viários Sul e Leste têm o propósito de melhorar o tráfego de veículos nas vias principais da capital amazonense. O anel viário Sul compreende a estrada do Tarumã, que está sendo duplicada e onde o estaqueamento para a construção da ponte da segunda pista ficou pronto, e a Avenida Santos Dumond até a Torquato Tapajós. O anel Leste fica entre a Reserva Duque e a Bola do Distrito Industrial II. São mais de 30 quilômetros de intervenções viárias contornando a cidade para ligar o Distrito Industrial ao Aeroporto Internacional Eduardo Gomes e que, também, vão permitir a retirada do fluxo de veículos pesados das ruas centrais.

“Já estávamos com um ritmo bom nessas obras e, como o valor para essas obras já foi empenhado, aguardamos somente o repasse dele para o nosso Estado. Acreditamos que, além das melhorias de tráfego, habitação e melhorias de áreas de riscos, as obras vão garantir emprego e renda para a nossa população. E isso é muito positivo em um momento de crise econômica pelo qual o país ainda atravessa”, comentou o governador José Melo.

Obras em áreas emergenciais – O Ministério das Cidades também fez a liberação de R$ 14 milhões para serem empregados na execução de obras de desobstrução do leito dos igarapés, que transbordam por causa da grande quantidade de areia e lixo, e para a contenção de desbarrancamento, em bairros com áreas de riscos e no Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim).

Habitação – A autorização para a construção de quatro mil unidades habitacionais populares no Estado foi outra conquista do Governador José Melo junto ao Ministério das Cidades. As obras vão contemplar mil unidades no município de Iranduba (a 29 quilômetros de Manaus) e as outras três mil serão construídas na capital. O projeto faz parte do programa do Governo Federal “Minha Casa, Minha Vida”.

Roberto Brasil