Em Benjamin Constante, comunidade indígena recebe nova escola construída em alvenaria

By -

benjamin-escola-indigena2A Prefeitura de Benjamin Constant inaugurou no final da manhã do último sábado (20), uma nova escola com quatro salas de aula e demais dependências construídas em alvenaria na comunidade indígena de Cidade Nova, a 55,2 km da sede da cidade de Benjamin Constant. A nova escola substitui a antiga escola São Paulo Apóstolo que oferecia apenas uma sala de aula. A solenidade de inauguração foi presidida pela prefeita Iracema Maia (PSD).

benjamin-escola-indigena1Esta é a terceira escola municipal construída neste ano pela Prefeitura de Benjamin Constant. Ela faz parte de um planejamento iniciado em janeiro em substituir escolas construídas em madeira.

benjamin-escola-indigena3Os alunos residente na Comunidade de Cidade Nova e das comunidades vizinhas contam com quatro salas de aula, três a mais em relação a antiga escola, sala dos professores e diretoria, cozinha, dispensa, depósito e dois banheiros, com forro PVC no teto e piso de cerâmica. A escola ganhou também carteiras novas no padrão MEC e demais mobiliário.

benjamin-escola-indigena4Em discurso a prefeita Iracema Maia assinalou que a escola será climatizada pela melhor conforto dos alunos e professores e que a construção do novo prédio “foi um compromisso assumido com a comunidade assumida ainda em 2012”.

A prefeita acompanhada dos vereadores Ociney Firmino, Fábio Júnior, Ludberg Barreiras, Armando Costa e Ofir Aiambo, bem como a secretária municipal de Educação Maria José Lima Jean foi recebida em peso pela comunidade liderada pelo cacique Humberto Ramos.

benjamin-escola-indigena5Ele agradeceu a construção da nova escola uma reivindicação antiga da comunidade diante do crescente número de alunos.

“Nós temos um compromisso de substituir inicialmente as escolas de madeira em alvenaria pelo menos nas comunidades polo”, observou a prefeita que nesta semana autorizou a realização de licitações para construções de mais quatro escolas em alvenaria.

O ponto alto da inauguração foi a entrega das chaves da escola ao presidente da comunidade Humberto Ramos. Ele anunciou que nesta segunda-feira (22/09) a escola vai entrar em funcionamento.

Roberto Brasil