Eletrobras Amazonas Energia intensifica “Operação Parintins”

By -

eletrobras-parintins-01A Eletrobras Amazonas Energia iniciou a fase mais intensa da “Operação Parintins”, trabalho realizado todos os anos pela Empresa para garantir o fornecimento de energia elétrica para o Bumbódromo da cidade nos dias do Festival Folclórico. Algumas equipes já estão trabalhando na Ilha, fazendo os ajustes no sistema e preparando toda a estrutura para a festa.

De acordo com o assistente de diretoria engenheiro Paulo Maciel, esse trabalho começa, na verdade, no mês de janeiro, quando técnicos da Eletrobras Amazonas Energia fazem um levantamento das demandas com uma inspeção rigorosa do sistema. “Nesta fase inicial, realizamos todo o planejamento das ações preventivas que vão assegurar o fornecimento de energia elétrica no Festival”, explica.

Nas próximas semanas, a equipe da Eletrobras será reforçada em Parintins chegando, quinze dias antes do festival, ao total de 113 profissionais, entre eletricistas, operadores de usina, engenheiros e técnicos em eletricidade, além dos colaboradores da área comercial.

Maciel adiantou que, no período de 22 a 29 de junho, as equipes da Distribuidora estarão de plantão 24 horas na cidade, atentos para o atendimento a qualquer tipo de emergência. “Durante a semana do Festival Folclórico, que este ano acontece nos dias 26, 27 e 28 de junho, o consumo de energia em Parintins aumenta de forma considerável, exigindo uma atenção e cuidado maior com o sistema”, afirma.

eletrobras-parintins-02Sistema especial – Pelo terceiro ano consecutivo, a Eletrobras Amazonas Energia instalará o sistema de “Divisão de Barra” para atender, exclusivamente, o Bumbódromo. O engenheiro Elson Athan explica que o modelo se mostrou eficiente ao reforçar a geração de energia elétrica durante o Festival Folclórico de Parintins. “Hoje, a geração de energia para a cidade de Parintins está dentro da normalidade. Ou seja, a ‘Operação Parintins’ é um trabalho que visa aumentar a confiabilidade do sistema, reforçando a geração com a instalação de grupos geradores totalizando 3 megawatts, o que representa cem por cento de reserva técnica para o Bumbódromo, já que o complexo chega ao pico de 1,5 megawatts durante o evento”, detalha.

Segundo Elson Athan, com a instalação do sistema de “Divisão de Barra”, o Bumbódromo fica imune a qualquer acidente que ocorra na cidade. “Estamos trabalhando para que os 50 anos do Festival Folclórico de Parintins seja um sucesso e que o espetáculo de luzes e cores do povo da Ilha mais uma vez encante todo o público presente na festa. Esse é o compromisso da Eletrobras Amazonas Energia com a festa”.

Roberto Brasil