ELEIÇÃO EM MANAUS SERÁ DEFINIDA NO SEGUNDO TURNO

By -

Ademir-RamosEscrevo as vésperas das eleições, quando os brasileiros de Manaus irão às urnas confirmar seus candidatos para Prefeitura e Câmara municipal. Os analistas e os próprios candidatos recorrem às pesquisas para mensurar a opção do eleitor e com isto interpretar o cenário político local numa perspectiva que assegure o que há de melhor quanto à governança do Município centrada na competência e habilidade política dos postulantes a frente do Poder Municipal. Por falta de liderança não é porque só neste pleito o eleitor tem nove candidatos a Prefeito e mais de 1.200 a Vereadores, representando aproximadamente 30 partidos com suas coligações. As pesquisas eleitorais dos diversos Institutos dão conta que em Manaus o atual Prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB) é o que lidera a vontade da maioria devendo esta aceitação se confirmar nas urnas. Embora, as pesquisas registrem também um índice de rejeição acima de dois dígitos, o que é normal em todo processo eleitoral visto que a unanimidade é mera ficção.

OS VACILOS DO ARTHUR E O CRESCIMENTO DOS CONCORRENTES: Para os observadores da política Arthur Neto virou saco de pancada dos seus oponentes, principalmente, a partir do momento que resolveu descartar o Governador Melo (PROS) e o Senador Omar Aziz (PSD), aliançando-se com o Governo do PMDB por meio do ex-governador e Senador Eduardo Braga, registrando em sua chapa como vice o Deputado Marcos Rotta (PMDB). Isto porque Eduardo e Arthur bateram de frente nas últimas eleições, beneficiando diretamente a eleição da Vanessa Grazziotin (PCdoB) para o Senado Federal, promovendo a alegria do Lula e dos petistas tresloucados com a derrota do Arthur. Desta feita, aliançado com o PMDB, o cenário político local mudou da água pro vinho. Foi quando o Senador Omar Aziz (PSD) catalisou as forças governistas entorno da candidatura de Marcelo Ramos (PR), recompondo a chapa do Marcelo para Prefeitura com a participação do seu vice, o Deputado Josué Neto (PSD). Com esta mexida, os ânimos se voltaram contra o atual Prefeito, que por sua vez também ficou patinando na TV, mostrando-se indiferente as críticas com a impressão que já tinha ganho as eleições. Com isto, os oponentes cresceram, sobretudo, Marcelo Ramos, que turbinado pelas forças do Governo do Estado traz de forma sorrateira para o centro da disputa o Governador José Melo, que dissimuladamente participa do processo. Não bastasse a indiferença do Arthur frente às críticas a sua gestão resolve ainda, em plena campanha implementar ações equivocadas referentes ao transporte coletivo, insistindo na efetivação da Faixa Azul como corredor de ônibus, em atenção a Zona Norte, afrontando a inteligência do povo e os formadores de opinião. Depois das críticas, não tendo compromisso com seus erros, o Prefeito voltou atrás revogando o próprio ato. Contudo, manteve-se ainda firme liderando as eleições no primeiro turno.

SEGUNDO TURNO É UMA NOVA ELEIÇÃO: Proclamado o resultado das urnas, no dia 5 de outubro começa a propagando eleitoral, devendo se prolongar até o dia 29. Neste turno, cada candidato terá 10 minutos de TV para expor seus projetos e propostas, participando em pé de igualdade da disputa eleitoral com foco na captação do voto do eleitor que ainda de forma vacilante não se decidiu ou espera o confronto das propostas para repensar o seu posicionamento. Considerando ainda a recomposição das alianças que os candidatos vitoriosos farão para o segundo turno sejam Arthur e Marcelo somados com novos aliados que passam fazer parte das fileiras das duas coligações em disputa. Novos aliados, novas estratégias e com certeza novos recursos financeiros para assegurar os meios necessários para o desenvolvimento da nossa Manaus pautado em proposta viáveis e concretas longe dos delírios demagógicos e das promessas populistas visando unificar forças local e nacional para assegurar em Brasília aprovação dos Projetos que resultem em captação de recurso federal vindo a somar com o orçamento do Município de forma transparente e responsável.

Roberto Brasil