Eduardo Suplicy lamenta cancelamento de encontro com a presidente Dilma

By -
Presidente cancela reunião depois de 2 anos de espera

Presidente cancela reunião depois de 2 anos de espera

Após ser derrotado nas eleições do ano passado, quando tentou, pela terceira vez consecutiva, ser eleito senador por São Paulo, Eduardo Suplicy (PT) tem, nas redes sociais, seu único palanque.

Na manhã desta segunda-feira, o ex-senador petista fez mais uma de suas lamentações: teve uma audiência cancelada, ontem, com a presidente Dilma Rousseff, do seu partido. “Após 2 anos de espera, finalmente ontem teria uma audiência com a presidenta Dilma. Já em Brasília, super animado, recebi um telefonema cancelando o encontro, sem que nova data fosse agendada. Fiquei triste, mas não desistirei”, escreveu em seu Facebook.

“Fiquei triste, mas não desistirei. Escrevi mais uma carta à presidenta lembrando do compromisso que assumiu pessoalmente de me receber este mês em Brasília. Confio em sua palavra”. Segundo o ex-senador, o encontro seria para analisar sua proposta da implantação da chamada “Renda Básica de Cidadania”. O projeto foi aprovado no Congresso, mas até hoje não foi implantado no país. “Tenho fé e esperança que ela me receba para conversarmos sobre a constituição de um grupo de trabalho para estudar a implantação gradual da Renda Básica de Cidadania. A defesa da RBC cresce em todo o mundo. O Brasil foi protagonista ao ser o primeiro país a aprovar uma lei, em 2004”, lamentou. Diário de Pernambuco

Áida Fernandes