Eduardo Braga é citado novamente na lava jato

By -

Eduardo Braga

Em depoimento ontem ao juíz Sérgio Moro, o Ex-Deputado Eduardo Cunha, citou o nome do senador Eduardo Braga e do Presidente Michel Temer, como sendo os principais responsáveis pela contratação da diretoria da Petrobras. Segundo ele, a mesma diretoria que causou um prejuízo de mais de 2 bilhões de dólares com a venda de poços secos para a Shell.

 Eduardo Cunha revelou a Moro, “Eduardo Braga é o F” da Petrobras. Ele e o presidente Temer, tentaram nomear pessoas, a pedido do empresário Mário Garnero, presidente do grupo Garnero. Este foi condenado pela justiça federal de São Paulo a 5 anos de cadeia, por estelionato e crime contra o sistema financeiro. Garnero, tem forte influencia em negociações de multinacionais do ramo de petróleo.

 Eduardo Cunha, alegou que na época, houve um grande incomodo dentro do PMDB, por conta das nomeações serem feitas sem o conhecimento do restante do partido. “A bancada estava descontente, até Temer acalma-los, conseguindo votar a CPMF.” relatou Cunha.

 Cunha relatou a Moro, reuniões sistemáticas entre ele, o presidente Temer, Henrique Alves e outros da cúpula do partido. Estas reuniões tinham como objetivo, debater pautas políticas e combinar toda situação política do Brasil. Temer estava presente em todas.//EmPauta

Mario Dantas