Setrab faz seleção de artesãos para feira em São Paulo

By -
Dona Neide

Dona Neide

Maria Rocineide Santos da Silva, mais conhecida como Dona Neide, é uma artesã de mão cheia. Cria pulseiras, brincos e colares usando produtos regionais, como semente de morototó, jarina, fibras, couro e escama de peixes, além de madeira muirapiranga. Por meio do Programa do Artesanato Amazonense, do Governo do Amazonas, executado através da Secretaria de Estado do Trabalho (Setrab), ela pode levar suas peças para outros estados do Brasil e até para o exterior. E Dona Neide partiu para uma nova viagem. Ela foi um dos 12 artesãos selecionados pela secretaria para participar da 1ª Feira Brasil Original, que acontece de 20 a 23 de outubro, no Centro de Convenções Anhembi, em São Paulo.

A 1ª Feira Brasil Original é uma parceria entre a Secretaria Especial da Micro e Pequena Empresa, por meio do Programa do Artesanato Brasileiro e suas Coordenações Estaduais, e o SEBRAE. “Trata-se de uma excelente oportunidade para levar nosso artesanato para uma vitrine importante, gerando não só lucro para os artesãos amazonenses, mas também incentivando novos laços comerciais para os participantes, assim como para a valorização e divulgação da nossa cultura”, explica o secretário em exercício da Setrab, Breno Ortiz. 

artesaos

A Setrab, por meio do Programa do Artesanato Amazonense, é responsável pelo cadastro dos artesãos do Estado. Após passarem por um teste presencial de suas habilidades, eles recebem a Carteira Nacional do Artesão, que tem como principal vantagem o acesso à Nota Fiscal Avulsa de Emissão Eletrônica (e-NFA). Com isso, o artesão pode vender legalmente seu produto para grandes clientes, participar de feiras e eventos locais, nacionais e internacionais, assim como ter sua profissão reconhecida. 

dona-neide2

Exemplo é Dona Neide. Garantindo seu sustento e gerando emprego, hoje a artesã amazonense já conta com uma equipe de quatro pessoas trabalhando com ela. “Trabalho com artesanato há 20 anos. Comecei trabalhando com a pedraria, confeccionando sandálias. Já expus em outros países, como Portugal e Itália, também em outros estados, como Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro. Atualmente é minha única fonte de renda. Tenho uma loja no Solimões Plaza Shopping (Centro) e vendo nas feiras em que o Programa do Artesanato Amazonense tem intermediação”, explica Dona Neide.

 

Mario Dantas