Eclipse lunar neste sábado foi o mais curto do século

By -
O fenômeno foi observado na cidade de Shiraishi, em Miyagi, no Japão

O fenômeno foi observado na cidade de Shiraishi, em Miyagi, no Japão

Os habitantes da Ásia, Oceania e do oeste dos Estados Unidos tiveram a possibilidade de ver a luz da Lua ser ocultada pela sombra da Terra neste 4 de abril. Porém precisaram ser rápidos, pois foi o eclipse lunar total mais curto do século.

Fenômeno conhecido como “Lua de sangue”, devido à forma como a refração da luz confere uma cor avermelhada ao astro, o eclipse lunar total vai durou cerca de cinco minutos e o parcial poderá ser visto por mais de três horas, segundo dados da NASA.

O eclipse parcial teve início às 06:45 e o total começará às 09:34, no horário oficial de Brasília. Contudo, apenas em uma parte do Acre foi possível observar o evento astronômico em sua parcialidade.

Sequência de quatro eclipses que ocorrem este ano, o acontecimento deste sábado é uma Tetrade relativamente rara, pois deve acontecer apenas oito vezes neste século.

O professor do Mestrado em Astrofísica da Universidade Cruzeiro do Sul, Gustavo Lanfranchi, conta que o evento se repetirá apenas daqui 20 anos. “A última vez que o mundo viu quatro eclipses lunares em um ano foi cerca de 10 anos atrás”, relata o especialista.

Os brasileiros terão a oportunidade de ver o fenômeno total no dia 28 de setembro deste ano. Ao contrário de um eclipse solar, que requer a utilização de óculos especiais para proteger os olhos, um eclipse lunar pode ser observado sem proteção.

Para algumas religiões e antigas sociedades, o fato da “Lua de sangue” ocorrer na Páscoa significa que algo importante irá acontecer com o planeta Terra e a humanidade. (Info

Roberto Brasil