E a conta de luz ficou mais cara

By -

conta-de-luz-1A partir desse mês a conta de luz em nosso Estado vai ficar mais cara em até 6%. Como se não bastasse, ainda vamos ter que pagar retroativo pelos meses em que o reajuste não foi cobrado, ou seja, vamos ter que “apertar os cintos” porque nos próximos seis meses a conta de luz vai “pesar” no nosso bolso.

Mas o que me chamou a atenção é que essa carga tributária a mais chega pra gente sem uma razão cabivel. Segundo a Aneel, o Amazonas entrou na “Bandeira Tarifária” que reajusta a conta de acordo com o gasto da energia no País, ou seja, mesmo que a gente economize por aqui, se lá no Sudeste não houver economia, vamos ter que dividir o prejuízo com eles. Um absurdo!

Mas não é só isso, agora estamos ligados ao restante do Brasil pelo “linhao de Tucurui”, que não está em pleno funcionamento ainda, só 10%, e se tiver qualquer tipo de problema, estaremos “ilhados”. E tudo isso porque o governo do PT não investiu na energia brasileira como deveria, ao contrário, de acordo com a Operação Lava-jato, empresas como a Andrade Gutierrez e outras pagaram em propina 4,5 milhões de reais ao PT e ao PMDB para fazer obras do setor elétrico. É bom lembrar que a Andrade Gutierrez já andou “aprontando” aqui pelo Amazonas. No início do ano passado, denunciei e impedi que o Governador Omar pagasse 200 milhões pra essa empresa sem justificativa.

Pelo visto, a corrupção no Brasil é endêmica e está em processo de metástase, atingindo todos os setores. O problema é que quem paga por tudo isso não é o corrupto, que fica alguns dias na cadeia e depois é liberado, quem paga pela corrupção somo nós, tendo que arcar com mais impostos. Os 4,5 milhões desviados vão ser parcelados nas contas de energia e fica por isso mesmo. Cadê o nosso Ministro, cadê os nossos Senadores? Cadê a nossa Presidente que recebeu tantos votos no Amazonas? Não pode ser feito nada? Temos que pagar por uma energia que nem usufruímos ainda? Lembrei-me da Legião Urbana quando cantava: “Que País é esse?” (Chico Preto)

Roberto Brasil