Duplicação de trecho da rodovia AM-070 deve sair até setembro

By -

Obras da Avenida das Floresserão retomadas e devem terminar em cinco meses (Foto: Valdo Leão/Secom)

O governador David Almeida (PSD)  lança, oficialmente,  nesta segunda-feira (15), a retomada das obras na Avenida da Flores e em outros pontos de Manaus, com um único objetivo: criar alternativas para o trânsito da capital manauara. David Almeida vai anunciar e visitar, na manhã desta segunda, pontos estratégicos da cidade, onde serão viabilizadas obras para construção de novas opções ao fluxo viário da capital.

O pacote retomado pelo governador contempla ainda obras de duplicação na rodovia AM-070 – estrada que liga Iranduba a Manacapuru. David Almeida adiantou que a previsão é que, até setembro, tanto a Avenida das Flores  quanto a duplicação da  estrada, até a Ponte Rio Ariaú, próximo do quilômetro 60, sejam concluídas. David também anunciou que vai dar nício às obras de recuperação de um trecho de 400 metros na rua Magalhães Barata, bairro Crespo, Zona Sul da Capital.

O governador visitará nesta segunda, a partir das 9h30, o canteiro de obras da Avenida das Flores, no trecho da Avenida Margarita, após o 15º Distrito Integrado de Polícia (DIP), conjunto Nova Cidade, Zona Norte, onde deve fazer o anúncio e conceder entrevistas coletiva à imprensa.

Retomada e celeridade
“Essas obras fazem parte do pacote de obras de infraestrutura anunciados pelo governo do Amazonas no último mês, da ordem de R$ 1,675 bilhão, e que estamos dando celeridade em sua execução”, disse Almeida.

A obra da duplicação da estrada recebe o investimento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Proinvest e Tesouro Nacional. A obra está orçada em R$ 279.642.517,36 e tem como prazo para conclusão o mês de junho de 2018.

Outras obras
Outra obra que está incluída no pacote herdado da gestão anterior e que a atual pretende dar celeridade  são os Anéis Viários, os quais recebem o investimento do Ministério das Cidades e Tesouro Nacional. O Anel Sul, que compreende a duplicação da estrada do Tarumã, com 8,50 km de extensão, tem o investimento na ordem de R$ 81.187.473,60. O prazo estimado de conclusão da 1ª etapa era, na gestão anterior, abril de 2018 e dezembro de 2018 para a 2ª etapa.

O Anel Leste, constituído pela interligação da Reserva Duque até a Bola da Suframa, com 17,20 km de extensão, está orçado com o valor de R$ 163.888.300,82. A 1ª etapa dessa obra estava prevista para dezembro de 2017 e a 2ª para dezembro de 2018.

O projeto também contempla a ligação entre a rodovia AM- 010 ( que liga Manaus a  Itacoatiara) e o Ramal do Brasileirinho. Com o valor de R$ 12.537.184,00, esta obra teve início em fevereiro de 2017 e tinha a  previsão de ser concluída em janeiro de 2018. Faz parte do pacote ainda  a duplicação da rodovia AM-010, com valor estimado em R$ 216.000.000,00. Este projeto contempla o trecho entre Manaus e o município de Rio Preto da Eva. No total serão 62 Km de duplicação.

Investimento do BNDES
A obra da duplicação da estrada AM 070 recebe o investimento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Proinvest e Tesouro Nacional. A obra está orçada em R$ 279.642.517,36 e tem como prazo para conclusão o mês de junho de 2018.

(DO PORTAL A CRÍTICA)

Roberto Brasil