Dupla e militares da Marinha são presos com 50 kg de maconha

By -

Os fuzileiros navais da Marinha do Brasil, Caíque Nogueira Reis Pacheco, 22, e Antonio Cesar Souza da Silva Junior, 22, foram presos, na noite desta sexta-feira (5), junto com Pedro Paulo Militão da Silva, 33, e Julio Cesar Ramos, 31, com 50 quilos de maconha tipo skunk. A droga pertencia a Pedro Paulo e Júlio Cesar, e os militares foram presos no momento em que receberiam dois quilos do entorpecente, conforme informações do aspirante a tenente Anderson Molaz, da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam).

De acordo com o aspirante, os quatro homens foram presos depois de uma denúncia anônima, informando que os dois fuzileiros navais, estariam fardados e iriam fazer o transporte de entorpecente.

Segundo o aspirante Anderson Molaz, após a denúncia, os policiais abordaram os militares que estavam em uma motocicleta, e Pedro Paulo e Júlio Cesar, que estavam dentro de um carro de luxo modelo Corolla, na Avenida Tancredo Neves, bairro Parque Dez, zona centro-sul de Manaus.

“Chegamos no momento que os dois suspeitos passariam a droga para os militares. Depois de presos, os fuzileiros confessaram que receberiam uma certa quantia em dinheiro para entregar a droga para uma terceira pessoa, que não divulgaram o nome”, disse.

Ao todo, cinco quilos de droga foram encontrados dentro do carro de Pedro Paulo e Júlio Cesar. Depois disso, os policiais foram até o condomínio Residencial Laranjeiras, onde encontraram mais 45 quilos da droga e R$ 4 mil, em espécie.

Pedro Paulo e Júlio Cesar confessaram que moravam em uma das casas e que pagavam aluguel de R$ 2,5 mil, no local onde guardavam o entorpecente. Os suspeitos foram levados ao 16º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde prestavam depoimento sobre o crime até a publicação desta matéria.

Roberto Brasil