Dupla armada assalta universitária da UFAM e depois exibe foto no Whats App

By -
Os assaltantes

Os assaltantes

Depois de ter sido assaltada às 22 horas do dia 27 de janeiro deste ano, na rua das Taquares, próximo ao quarto Distrito Policial, no bairro Gilberto Mestrinho, quando retornava da UFAM, a universitária, que prefere não ter seu nome revelado, identificou os assaltantes e pede uma ação da polícia.

Segundo ela, a identificação foi possível porque os dois elementos colocaram uma fotografia no seu perfil do Whats App e passaram a enviar mensagens consideradas “cretinas” para as suas amigas, numa tentativa de “conquistá-las”.

“Eles são audaciosos e burros. Audaciosos porque estavam andando de moto e praticando assaltos à mão armada praticamente ao lado do quarto distrito policial. E desprovidos de inteligência porque postaram uma foto que vai facilitar a sua identificação e prisão pela polícia”, argumenta.

 

A universitária afirma que a onda de assaltos é crescente naquela área da cidade e pede mais policiamento, porque a população “está indefesa”.

 

“Esse já foi o terceiro telefone que me levaram em assaltos à mão armada. Fiz boletim de ocorrência, mas os policiais não demonstram qualquer interesse em investigar e prender esses bandidos. Então, certos da impunidade, eles se sentem motivados a praticar novos assaltos e quem sofre somos nós, trabalhadores, que não ganhamos o suficiente para, por exemplo, comprar um telefone novo toda semana”, afirma.

Mario Dantas