Dupla amazonense quer brilhar no vôlei de praia do Brasil em 2015

By -
Kívia Pinatto e Juliana Soares estão treinando duro para alcançar suas metas

Kívia Pinatto e Juliana Soares estão treinando duro para alcançar suas metas

Juventude e experiência para fazer o Amazonas brilhar no circuito brasileiro de vôlei de praia em 2015. Juliana Soares, 21, e Kívia Pinatto, 27, juntaram as forças para alcançar grandes resultados na temporada.

Juliana, número 1 do ranking estadual e quarta colocada no País em 2014, acredita no potencial da nova parceria. “É uma atleta experiente que chega para fortalecer a dupla. Esperamos manter a hegemonia no Estado e obter bons resultados no circuito nacional”, comenta Juliana, que se divide entre os treinamentos e o terceiro período do curso de Educação Física na Faculdade La Salle.

DUPLA-KIVIA-E-JULIANA-02Com larga experiência no vôlei de quadra, Kívia há dois anos investe nas disputas nas areias. Ano passado, ela terminou em segundo lugar no ranking estadual. Agora, ao lado de Juliana, sonha mais alto. “Estamos treinando bastante para alcançar nossos objetivos”, diz Kívia, natural de Alvarães e revelada para o esporte nos Jogos Escolares do Amazonas (JEA’s).

DESAFIOS DISTINTOS

Juliana se dividirá ao longo do ano. Ela disputará o Circuito Brasileiro Sub-23 com a rondoniense Fernanda Amaral, sendo que o primeiro campeonato da categoria acontecerá em Chapecó (SC), no período de 19 a 21 de maio.

DUPLA-KIVIA-E-JULIANA-03Já na divisão de elite, a temporada começa em julho com a primeira etapa do Circuito Band, na praia da Ponta Negra. Serão seis diferentes datas para a dupla em nível estadual. Depois, a missão é garantir presença no circuito brasileiro da modalidade.

Para subir aos primeiros lugares do pódio, as meninas treinam três vezes por semana no Clube Municipal de Manaus, das 14h às 17h. Por enquanto, a dupla conta com o apoio do Comercial Alex, empresa do marido de Kívia, e da assessoria Emanuel Sports & Marketing.

DUPLA-KIVIA-E-JULIANA-04No momento, as jogadoras estão finalizando o projeto básico para captação de novos patrocinadores. Prefeitura de Manaus e Governo do Estado serão procurados para firmar parcerias, assim como a iniciativa privada.

“Jogar em alto nível requer investimentos e vamos atrás de parceiros para a realização desse sonho que é representar o Amazonas no cenário nacional do vôlei de praia, que é muito concorrido”, enfatiza Juliana.

Roberto Brasil