Doação de terreno da prefeitura para construção da sede MPF é presente para Manaus, afirma Wilker

By -

TERRENO_MPF

“O procurador chefe do Ministério Público Federal no Amazonas,  Edmilson da Costa Barreiros Júnior, assume, a partir deste momento, um compromisso e o desafio de buscar recursos para dar inicio às obras”, afirmou o presidente da Câmara Municipal, vereador Wilker Barreto (PHS), ao participar na tarde desta quarta-feira (23) do ato de concessão de um terreno, na avenida André Araújo esquina com a avenida Constelação de Touro, no bairro do Aleixo, assinado pelo prefeito Arthur Neto (PSDB).

Aprovada na última segunda-feira pelo legislativo municipal, a lei sancionada pelo prefeito,  na presença de vereadores e secretários municipais,  passa à Procuradoria da República no Amazonas uma área de 3.573,50 metros quadrados, pertencente ao município, onde a Procuradoria da República construirá a sede que vai abrigar as suas atividades institucionais. Todo o processo de planejamento e licitação, conforme explicou o procurador Edmilson Barreiros, será desencadeado ao longo do próximo ano para que as obras sejam iniciadas em 2017.

Dizendo-se particularmente feliz por ter acompanhado o processo de doação deste o seu nascedouro, Wilker aplaudiu a iniciativa da administração municipal de fazer a destinação do terreno. “Essa atitude do prefeito Arthur Neto evita que o Ministério Público Federal precisasse dispor de seus parcos recursos para adquirir um terreno, o que exigiria muito mais dinheiro para a implementação da obra, que será um grande presente à cidade de Manaus”, salientou o vereador, que ainda destacou a contribuição valiosa da ex-procuradora Luciana Dorneles nas conversações iniciais para a concretização da doação assinada pelo prefeito.

 

Aparelhamento

 

Para o procurador Edmilson Barreiros Filho “a Prefeitura e a Câmara Municipal de Manaus deram um presente à Procuradoria da República com a concessão do terreno para construção da sua sede definitiva”. Essa doação, segundo ele, é um investimento significativo para que o Ministério Público Federal preste à população, num futuro próximo, serviços de melhor qualidade.

De posse do terreno – observou Barreiros – vamos trabalhar com muita determinação no planejamento, na captação de recursos financeiros e fazer a licitação da obra de construção, que deve começar no inicio de 2017 e estar concluída no prazo de dois anos.

Após fazer a assinatura da lei, o prefeito Arthur Neto ressaltou a parceria dos vereadores na apreciação e aprovação do projeto de concessão da área, que ele mandou à Câmara Municipal. “É necessário o aparelhamento físico de um órgão da importância do Ministério Público Federal, a fim de que ele tenha condições estruturais e possa desenvolver o seu trabalho com cada vez mais qualidade e eficiência”, disse o prefeito.

Em seu rápido pronunciamento, Arthur observou que sempre conduziu suas ações com espírito público, dai sentir-se gratificado por ter colaborado com uma instituição como a Procuradoria da República. Ele desejou boas festas à população de Manaus, mas lamentou que os brasileiros estejam sofrendo tanto com a crise econômica, que impõe a todos uma renda decadente. ”Luta de todos nós é a resposta para superar o momento tão difícil por que passa o país”, completou.

Ao vereadores Marcelo Serafim (PSB), Joelson Silva (PHS),  Joãozinho Miranda (PTN), WalfranTorres (PTC) e Jairo da Vical (PROS) também estiveram presentes na solenidade que foi realizada na sala de reuniões do gabinete do prefeito.

 

Mario Dantas