Dívidas do PT levam partido à falência

By -

pt

O PT acumula dívidas relacionadas às eleições de 2014 superiores a R$ 90 milhões. Desde então, com o avanço da Operação Lava Jato e a prisão do ex-tesoureiro João Vaccari, o PT não tem conseguido levantar novas doações. Por isso mesmo, vários fornecedores das campanhas petistas estariam com suas faturas em atraso e alguns já estariam estudando mover ações judiciais contra o partido.

“Segundo dados do TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral), só a instância paulista do partido registrou um déficit de R$ 55 milhões – arrecadando R$ 57 milhões e gastando cerca de R$ 112 milhões”, diz a reportagem da Folha. A situação teria se agravado desde que a direção nacional, comandada por Rui Falcão, informou que o PT não arcaria com as dívidas dos candidatos derrotados nas eleições passadas. É o caso do senador Lindbergh Farias (PT-RJ), que concorreu ao governo do Rio, estado em que o partido já estaria sendo acionado por credores.

Mario Dantas