Dilma tem 24 ministros e ex-ministros investigados pela Lava-Jato

By -

imagesa

Segundo as delações, investigações e outras revelações da operação Lava Jato, a presidente Dilma Rousseff teve 24 auxiliares (ou exs) citados em possíveis broncas pela Polícia Federal.

Aloizio Mercadante, Antonio Palocci, Carlos Gabas, Edinho Silva, Alexandre Padilha, Edison Lobão, Afonso Florence, Erenice Guerra, Fernando Pimentel, Silas Rondeau, Guido Mantega, Gleisi Hoffmann, Paulo Bernardo, Mario Negromonte, Fernando Bezerra, Gilberto Carvalho, Arthur Chioro, Celso Pansera, Henrique Alves, Izabella Teixeira, Mozart Sales, Mauro Borges, , Paulo Sérgio Passos e Ideli Salvati.

Mario Dantas