Dez mil estudantes participam de desfile cívico de 5 de Setembro

By -

desfile-5-setembro1A elevação do Amazonas à categoria de Província foi celebrada com o tradicional desfile cívico dos estudantes de 94 escolas públicas estaduais e municipais de Manaus, na tarde desta sexta-feira,5 de setembro, no Sambódromo. Escolas militares e instituições como Apae e Abrigo Moacyr Alves também participaram do evento que teve desfile de cerca de dez mil alunos.

desfile-5-setembro3O governador José  Melo participou do evento acompanhado da primeira-dama, Edilene Gomes. Também prestigiaram o desfile o prefeito de Manaus, Arthur Neto, e representantes das Forças Armadas e da Polícia Militar. “O amor ao nosso Estado, o amor à nossa gente e à nossa Pátria são os valores que buscamos resgatar neste dia que celebramos a independência do Amazonas” destacou o governador.

Entre as escolas que desfilaram, a fanfarra da escola Petrônio Portela foi uma das mais aplaudidas. Neste ano a escola conseguiu o terceiro lugar no Campeonato Mundial de Bandas e Fanfarras, realizado em junho, em São Paulo. A escola amazonense concorreu com escolas de outros países, como Canadá, Venezuela e Guatemala.

desfile-5-setembro4De acordo com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) aproximadamente 20 mil pessoas foram ao Sambódromo assistir ao desfile escolar. A dona de casa Raimunda Vasconcelos de Almeida, 45, veio assistir pela primeira vez a filha que integra a banda do Colégio da Polícia Militar. “Ela estava tão ansiosa que nem dormiu direito ontem. Mas hoje está tudo bem, o desfile e a organização estão nota dez”, declarou a dona de casa.

Corpo Consular – No início da tarde, José Melo participou da solenidade de cumprimento do Corpo Consular no Amazonas ao governador, no Palácio Rio Negro. Participaram da cerimônia os cônsules da Alemanha, Chile, Cuba, Espanha, Filipinas, Finlândia, Japão, Peru, Polônia, Republica Dominicana e Venezuela.

desfile-5-setembro2A solenidade é uma cortesia dos representantes consulares e simboliza o bom relacionamento entre o Amazonas e as Nações que possuem representação consular no Estado. “Nós queremos manter uma relação de troca equilibrada que seja bom para todos. Construindo uma relação fraterna e de troca cultural, cientifica e comercial pela paz e prosperidade dos nossos países”, disse o governador.

Roberto Brasil