Devotos de São José vão às ruas pedir dias melhores para o trabalhador

By -

Na data que se comemora o Dia Nacional do trabalhador, mais de 2 mil pessoas tomaram as ruas do Centro de Manaus para proclamar a fé em São José, o padroeiro dos trabalhadores.

Neste anos, a procissão, que é uma tradição da Igreja de São José, localizada na rua Visconde de Porto Alegre, levou muitos fiéis que perderam os empregos. Eles andaram pelas ruas pedindo ao santo uma vaga no mercado de trabalho.

Ao final da missa, os párocos fizeram a bênção das carteiras de trabalho dos devotos.

Segundo o padre João Benedito Cunha, pároco da igreja de São José há nove anos, a procissão e a missa são tradicionalmente lotadas de fiéis, que vem agradecer os milagres recebidos e pedir uma bênçãos.

“Mesmo sem crise, já é preciso rezar pela nossa cidade. E com essa crise e desemprego é preciso  invocar ainda mais o protetor dos trabalhadores”, declarou o padre.

Para a funcionária pública Francisca Medeiros, de 43 anos, a devoção ao padroeiro concedeu milagres como a cura de uma doença que poderia ter a deixado cega. Dessa vez a devota pediu pelos estudos do filho mais novo.

“Ele ingressou agora na faculdade e estou rezando por ele e agradecendo pela minha saúde. Venho em todas as novenas do dia 19 e não poderia deixar de vir na procissão de hoje. São José nunca me abandonou na minha vida como funcionária e cristã”, afirmou Francisca.

O bacharel em história Ayrton Augusto, que está desempregado há seis meses, veio à procissão com a carteira de trabalho nas mãos. “Temos que ter fé em dias melhores. Acredito que minha devoção a São José vai me conceder muitas bênçãos e milagres”, garantiu.

Roberto Brasil