Detran-AM manterá equipes de plantão 24 horas durante o Carnaval

By -

detran-blitz-02

A partir desta quinta-feira, 27 de fevereiro, as equipes do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) estarão 24 horas por dia percorrendo os principais pontos da cidade onde se concentram os foliões manauaras, em bares, bandas de rua e clubes, distribuindo material educativo e também fiscalizando a respeito à Lei Seca.

“A partir da manhã desta quinta-feira até o meio-dia da Quarta-Feira de Cinzas, as nossas equipes estarão conscientizando e orientando os condutores e foliões sobre as boas práticas no trânsito para garantir que os festejos de Momo sejam pautados pela alegria, sem violência ou tragédia”, afirma Leonel Feitoza.

De acordo com o diretor-presidente do Detran-AM, Leonel Feitoza, na campanha de Carnaval deste ano, o órgão estadual de trânsito ganhou o reforço de um super-herói, o “Super Consciente”, personagem criado pelos servidores da Gerência de Educação de Trânsito que vai estar nas ruas alertando o folião com a seguinte mensagem: “Você não é de aço”.

Além do “Super Consciente”, cerca de cem agentes do Detran-AM estarão envolvidos na campanha de Carnaval 2014, que, somando aos parceiros das policiais Civil e Militar e mais Manaustrans, totalizam 300 pessoas empenhadas nas operações de trânsito durante o reinado de Mono, na cidade de Manaus.

Fiscalização nas rodovias – As operações também serão realizadas nas duas saídas da capital por rodovias. Haverá revezamento de equipes de fiscalização na cabeceira da Ponte Rio Negro, que dá acesso aos municípios de Iranduba, Manacapuru e Novo Airão, e na barreira da AM-010, saída para os municípios de Rio Preto da Eva e Itacoatiara.

Ciops – O Detran-AM também vai deixar uma equipe de prontidão no Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops)  para atender as demandas que surgirem a partir da atuação das equipes do Ronda no Bairro e do Manaustrans. “O objetivo é fazer com que os agentes do Detran-AM estejam de prontidão para agir em todos os incidentes ou acidentes de trânsito em que houver a suspeita de embriaguez ao volante”, afirma Leonel Feitoza.

Redação