Detran-AM distribui bafômetro e disponibiliza Disque-Pileque no Carnaval

By -
Leonel Feitoza

Leonel Feitoza

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) vai distribuir 20 mil minibafômetros durante a operação Carnaval 2015 que começa nesta sexta-feira (13/02) e tem como tema  “Neste carnaval, batida só de tamborim. Se beber, não dirija”.De acordo com o diretor-presidente do Detran-AM, Leonel Feitoza, os minibafômetros fazem parte do kit promocional que os agentes de educação de trânsito do órgão vão distribuir nas blitze educativas que serão realizadas nas bandas e blocos de carnaval de rua e também durante os desfiles das escolas de samba, no Sambódromo.

Segundo Leonel Feitoza, cerca de 100 agentes de educação e de fiscalização vão trabalhar em regime de plantão 24 horas durante o Carnaval, entre ações educativas e blitze da Lei Seca. Até quarta-feira de cinzas também estará em vigor o Disque-Pileque, uma parceria entre o Detran-AM e a Associação dos Condutores de Ambulância do Amazonas. Os socorristas atuarão receberão as chamadas, por meio do telefone 3642-6708.

“Eles farão o resgate do condutor embriagado e o deixarão em casa, a salvo”, disse Leonel Feitoza, lembrando que o serviço é gratuito e pode ser acionado pelo próprio motorista ou pelo dono do bar ou qualquer outro estabelecimento onde ele esteja bebendo.

Minibafômetros – Sobre os minibafômetros, o diretor do Detran-AM informou que o objetivo é demonstrar à população, especialmente, aos motoristas que, por menor que seja a quantidade de bebida alcoólica ingerida, ela será detectada num teste de alcoolemia e, principalmente, provoca alterações no organismo e altera a capacidade de dirigir.

“Eles podem ser utilizados pelo próprio motorista para medir seu nível de embriaguez ou por familiares, amigos, para convencer quem bebeu de que ele não está em condições de dirigir. Queremos explorar o caráter educativo do equipamento, já que o resultado  não pode servir de prova”, esclareceu Feitoza.

Parceria com a Adefa – A operação Carnaval 2015 do Detran-AM tem também a participação da Associação dos Deficientes do Amazonas (Adefa), que estará presente nas ações educativas e também nas blitze da Lei Seca.

“Durante as abordagens, nós pretendemos sensibilizar os motoristas sobre as consequências da imprudência no trânsito. Muitos de nós, como eu mesmo, foram vítimas dessa imprudência e hoje estou preso a uma cadeira de rodas”, afirma Isaac Benayon, presidente da Adefa, que estará participando das ações do Detran-AM.

Mario Dantas