Detento que estuprou criança em presídio é encontrado morto no CDPM

By -

José foi flagrado estuprando uma menina de 8 anos, filha de um preso da unidade (Foto: Divulgação/Seap)

José Honilson Félix de Abreu, de 22 anos, foi encontrado morto, na noite desta sexta-feira (25), por volta das 21h, dentro de uma cela do Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM – 2), localizado no quilômetro 8 da BR-174. Ele estava com uma corda no pescoço.

O detento foi flagrado no dia 28 de julho, abusando sexualmente de uma menina de 8 anos, filha de um preso da unidade. Na ocasião José foi encaminhado a Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (DEPCA), para os procedimentos de flagrante e foi indiciado pelo crime de estupro.

A causa da morte será confirmada através de um laudo do Instituto Médico Legal (IML), que foi acionado ao CDPM para a remoção do corpo. Além do IML, foram acionados os policiais militares do 20º Distrito Integrado de Polícia (DIP), e equipes da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Estupro

De acordo com os dados da polícia, a menina foi ao presídio, em companhia da mãe, para visitar o pai. O suspeito, que é conhecido da família, começou a conversar com a criança e ofereceu um brinquedo para ela. Depois de ganhar a confiança dos pais e da menor, ele a levou para uma das celas do Pavilhão 5. Inicialmente, ele a beijou de língua, depois baixou a sua calcinha e fez sexo oral nela. O presidiário também passou a mão nas suas partes íntimas.

Em Tempo

Roberto Brasil