Desfile das escolas de samba ocorre de maneira segura e organizada

By -
"Nós montamos uma operação integrada e todas as ações foram acompanhadas pelo CICC", informou o sec. Sérgio Fontes

“Nós montamos uma operação integrada e todas as ações foram acompanhadas pelo CICC”, informou o secretário Sérgio Fontes

O desfile das escolas de samba do grupo especial, na noite de sábado (14), no Centro de Convenções (Sambódromo), foi considerado tranquilo, segundo avaliação do secretário de Segurança Sérgio Fontes.

“Nós montamos uma operação integrada e todas as ações foram acompanhadas pelo Centro Integrado de Comando e Controle do Amazonas (CICC), com apoio do CICC Local, que foi montado nas dependências do Sambódromo. Tudo foi feito para garantir tranquilidade ao cidadão. Houve registros de algumas pessoas que passaram mal durante o evento, mas ocorrências graves não foram registradas”, afirmou o secretário.

desfile-segurança-carnaval-01A Operação Carnaval 2015 conta com ações integradas da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), Corregedoria-Geral, Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) e secretarias municipais.

Um efetivo de aproximadamente 700 agentes de segurança atuou durante o evento dentro e fora do Sambódromo. A Polícia Militar montou perímetros de segurança na área externa do Centro de Convenções para dar apoio ao trabalho de triagem e revista do público feito por uma empresa de segurança privada. O Juizado da Infância e Juventude também esteve presente para garantir o cumprimento da portaria que proíbe a entrada de menores de cinco anos em grandes eventos.

desfile-segurança-carnaval-02Para o secretário de Estado de Cultura, Robério Braga, o desfile foi bem organizado “Tudo em ordem, tudo correndo conforme o planejado. As entidades do Governo e da Prefeitura trabalhando de forma integrada para garantir de maneira previamente planejada a tranquilidade da população, conforme orientou o governador José Melo”, afirmou.

Robério Braga destacou a descentralização do Carnaboi para todas as zonas da cidade. “A ideia é levar o Carnaval para onde o povo está, e não apenas trazê-lo para o Sambódromo. Então, hoje a população vem para a avenida e na segunda-feira nós vamos ao encontro do povo”, disse.

desfile-segurança-carnaval-04Saúde – A Secretaria de Estado da Saúde (Susam) também deu suporte à programação que ocorreu no Sambódromo, integrando o CICC. O órgão disponibilizou um posto de atendimento médico no Bloco A do Sambódromo, para atendimento de primeiros-socorros. Uma ambulância reforçou a frota de remoção junto com o SAMU e o Corpo de Bombeiros, no local. Além disso, a coordenação estadual de DST/Aids distribuiu preservativos ao público.

O aposentado Aldenair Freitas, 59, elogiou a estrutura montada pelo Governo do Estado para o desfile das escolas de samba. “Está tudo muito tranquilo, muito bem organizado. O Governo está de parabéns pelo trabalho. Há vários anos eu venho assistir, desfilar, e este ano realmente está tudo muito seguro”, afirmou.

Roberto Brasil