Deputado David Almeida busca alternativas para produtores de Matupi

By -
David Almeida se colocou a disposição dos produtores para a negociação com o poder executivo

David Almeida se colocou a disposição dos produtores para a negociação com o poder executivo

O deputado David Almeida, líder do PSD na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), acompanhado pelo vereador de Manicoré Anderson Ferreira e uma Comissão de produtores da comunidade de Matupi, participou na segunda-feira (23) de uma reunião na Secretaria Estadual de Meio Ambiente.

A reunião teve como objetivo buscar uma solução aos produtores da Comunidade de Santo Antônio do Matupi, km 180 de Manicoré (a 332 quilômetros de Manaus), ameaçados pela possível criação de uma Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RSD) pelo Governo Federal, em áreas onde existe produção, bem como processos de pedidos de títulos definitivos.

O parlamentar e a secretária de meio ambiente, Kamila Amaral, buscam alternativas aos produtores, uma vez que há outras áreas dentro da comunidade que podem ser utilizadas como área de conservação, distante da área demarcada pelo Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA), a qual atinge os produtores da comunidade.

Para a secretária, que defende com unhas e dentes a criação de áreas protegias, é preciso olhar o todo. “Eu defendo a criação de Unidades de Conservação, mas não de qualquer jeito. Na área predestinada pelo governo federal não tem como, pois já existe processo de manejo florestal em tramitação no Ipaam, bem como, pedido de título definitivo”, salientou Amaral.

David Almeida se colocou a disposição dos produtores para a negociação com o poder executivo. Ele defende que os moradores de Matupi não tem interesse em degradar a áreas, pois é dali que tiram o sustento de suas famílias. “Precisamos buscar alternativas, pois os moradores não querem a criação da reserva, simplesmente por não querer, mas pelo prejuízo que causará as famílias, uma vez que é de lá que tiram o sustento”, destacou Almeida.

Os presentes, após horas de diálogo, chegaram a uma conclusão de levarem uma contraproposta, que será trabalhada entre técnicos da secretaria de meio ambiente e os produtores, ao conhecimento do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBIO), em uma reunião que ficou agendada para o dia 19 de março no gabinete do presidente Roberto Ricardo Vizentin, e a qual contará com a presença do vereador Anderson e do presidente da Federação da Agricultura e pecuária do Amazonas (Faea), Munir Lourenço.

Após a reunião em Brasília, a comunidade de Matupi receberá uma equipe do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam), Agência de Desenvolvimento Sustentável (SDS), Incra e Terra Legal para um mutirão integrado de regularização fundaria e ambiental. O mutirão acontecerá de 30 de março a 10 de abril.

Roberto Brasil