Depois de quatro anos, “paraquedistas camaruris” invadem Itacoatiara e Parintins

By -

candidatos-paraquedistas1Da Redação – Até para os pesquisadores o caramuri, fruta que nasce no meio da mata densa e de árvore igual mangueira é totalmente desconhecido. Sabe-se a princípio que germina apenas de quatro em 4 anos. Como é época de eleição e a população da maioria das cidades do interior, cansaram de virem ou ouvirem falar de determinados candidatos a deputados estaduais e federais apenas nesse época, é praxe taxar esse tipo de pessoa de caramuri. Eles aparecem atrás de votos apenas a cada 4 anos. Nos demais 48 meses antes, somem.

Nas cidades de Itacoatiara (176 quilômetros de Manaus) e Parintins ( a 350 quilômetros da Capital), começam a serem tomadas por esses tipos de políticos. Informação chegadas a redação do BLOGdaFLORESTA dão conta que nessas cidade a população já batizou esse candidatos. “Paraquedistas Caramuri”, pois são a maioria de Manaus, não tem parentes e nenhum vinculo com Itacoatiara e Parintins, mas resolveram há menos de 40 dias da eleição, comprar cabos eleitorais em busca de votos.

A Velha Serpa e a Ilha de Tupinambarana pelos dados do Tribunal Regional Eleitoral tem mais de 110 mil eleitores juntas. Daí a gula desses paraquedistas caramuris em tentar fazer base eleitoral em cima do pleito de Outubro.

Parintins ficou 17 anos sem representante até em outubro de 2010 eleger o Amo do Garantido e Ex-Coordenador da Fundação Villas Lobo, Tony Medeiros (PSL) para o cargo. Parintinense nascido na comunidade do Miriti Tony Medeiros busca a releição. Além de Tony, parintinenses da gema e que moram na Ilha, que se colocam a disposição para candidatar-se ao cargos na Assembleia Legislativa são o ex-prefeito Bi Garcia (PSDB), o vereador Jualiano Petro Velho (PDT) e o advgado e ex-presidente da Câmara Juscelino Melo Manso (PSB).

Na Velha Serpa os eleitores estão mais politizados e fecham o voto com candidatos nascido na terra. Em Itacoatiara o “santo de casa faz milagre” e aquela cidade sempre tem representante na ALEAM. O atual reprentante é deputado estadual Cabo Maciel (PR) eleito com votação expressiva da classe dos Militares, a qual defente. São de Itacoatiara além de Maciel, os candidatos Nelson Azedo (PROS), Antonio Peixoto (PT), Donmarques Mendonça (PSDB), o Vereador Bosco Rodrigues (PP). Outros com estruturas menos de campanha são Gil Adriano, Binha Pacheco de Novo Remanso e Jeovam Barbosa.

Caso o eleitorado caia no conto da sereia e votem os paraquedistas caramuris, Itacoatiara e Parintins correm risco de perde representatividade na Aleam. Que vai refletir nos moradores que precisam de assistência em Manaus.

O contrário acontecerá se de forma consciente o eleitor focar nos candidatos “da terra” e despachar os “paraquedista, pois mais de 100 mil votos garantem dois parlamentares na Assembleia. (Texto: Hudson Lima – Fotomontagem: Beto Brasil)

Roberto Brasil