Denarc apreende 300 kg de drogas em comunidade do Iranduba

By -
Foram cinco horas de buscas pelo rio até encontrarmos o local, explicou o delegado Thyago Tenório

Foram cinco horas de buscas pelo rio até encontrarmos o local, explicou o delegado Thyago Tenório

O delegado do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), Thyago Tenório, falou na manhã deste sábado, 27, às 9h30, sobre a maior apreensão de droga realizada pela instituição em toda a sua história. Foram 300 quilos de maconha do tipo skunk, embalados em 470 pacotes plásticos. A ação foi realizada na tarde de sexta-feira, 26, data que marca o Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas.

De acordo com Thyago, as investigações iniciaram há uma semana, a partir de uma denúncia anônima que informava a entrada da droga no Estado. O relato indicou que o material estava escondido em um local no meio da floresta, em área alagada pelo Rio Negro.

300kg-drogas-iranduba-dernac-3“A partir das informações recebidas, a equipe de inteligência do Denarc chegou a uma palafita (casa de madeira erguida à beira de rios e igarapés), na comunidade Nossa Senhora Aparecida, no município de Iranduba, distante 27 quilômetros em linha reta de Manaus. Foram cinco horas de buscas pelo rio até encontrarmos o local. Uma pistola calibre 380 também estava no local”, explicou o delegado.

O possível guardador do carregamento de entorpecente conseguiu fugir do local antes da chegada da equipe do Denarc. Ainda segundo o delegado, a droga é de origem colombiana e está ligada à facção criminosa Família do Norte (FDN). “Sabemos apenas que o dono da droga é conhecido como “Pescoço”, mas não podemos precisar se era o mesmo homem que fugiu do local”, destacou.

300kg-drogas-iranduba-dernac-1A droga avaliada em R$ 2,5 milhões e a arma serão encaminhadas à perícia e os laudos, após finalizados, seguirão para a Justiça. O Denarc chega a quase uma tonelada de entorpecente apreendidos desde a criação do departamento com a gestão do delegado geral Orlando Amaral.

A segunda maior apreensão de drogas, 230 quilos no total, foi realizada em 2013, pela Delegacia Especializada em Prevenção e Repreensão de Entorpecentes (Depre) que deu origem ao Denarc.

300kg-drogas-iranduba-dernac-2O delegado ressaltou o comprometimento da equipe composta pelos investigadores e escrivães, bem como a direção do departamento pelo delegado Samir Freire. “Com muito trabalho e esforço de todos conseguimos realizar a missão com sucesso. Esse é o reflexo de uma equipe coesa e alinhada”, finalizou Thyago.

Roberto Brasil