Dema apreende barco com 1,5 mil litros de gasolina transportados de forma irregular

By -
O proprietário da embarcação não apresentou a documentação específica do barco

O proprietário da embarcação não apresentou a documentação específica do barco

A Polícia Civil do Amazonas, por meio de servidores lotados na Delegacia Especializada em Crimes contra o Meio Ambiente e Urbanismo (Dema), registrou nesta sexta-feira, 8, a apreensão de 1,5 mil litros de gasolina transportados de forma irregular por dois homens em uma embarcação:  um pescador de 51 anos e o proprietário do barco, identificado como Oziel Pereira Maciel, 39.

De acordo com a delegada titular da Dema, Ana Cristina Braga, os homens foram abordados no fim da tarde de ontem, por volta das 17h30, quando percorriam o Rio Solimões nas proximidades do município de Manacapuru, distante 86 quilômetros em via fluvial de Manaus, momento em que era deflagrada nas proximidades da Comunidade Santa Rita a operação Coari 2, realizada em parceria com a Delegacia Fluvial (Deflu),  Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Amazonas e Marinha do Brasil.

dema-combustivel-transporte-irregular-01“Durante revista no interior da embarcação os policiais constataram o transporte clandestino de 1,5 mil litros de gasolina e quatro botijas de gás. Como o proprietário da embarcação não apresentou a documentação específica do barco ou habilitação requisitada, os dois acabaram sendo conduzidos à Dema. Em depoimento, os homens alegaram que são pescadores e que desconheciam que se tratava de algo ilegal”, relatou a delegada.

Ana Cristina Braga ressaltou ainda que os homens informaram que o combustível apreendido foi comprado em Manacapuru com a finalidade de ser revendido a outros pescadores.  Na sede da delegacia, a dupla foi autuada em flagrante por Crime Ambiental. Eles irão responder pelo delito em liberdade, após o pagamento de fiança arbitrada pela autoridade policial, conforme previsto em lei.

Roberto Brasil