Delegado cumpre mandado de prisão durante depoimento de comerciante no 25º DIP

By -
isaias atirou contra dois irmãos por conta de falta de energia provocada por ele

Isaías atirou contra dois irmãos por conta de falta de energia provocada por ele

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação do 25º Distrito Integrado de Polícia (DIP), coordenada pelo delegado titular, Aldeney Goes, prendeu na última quinta-feira (23), o comerciante Isaías Pedro Souza Silva, 41, na sede da própria unidade policial, no momento em que ele prestava depoimento sobre tentativa de homicídio ocorrida na Rua Doutor Edson, no bairro Zumbi dos Palmares 1, zona Leste da cidade.

De acordo com o delegado Aldeney, Isaías estava sendo investigado desde o dia do delito, que aconteceu no último dia 12 de abril. Na ocasião, por volta das 17h40, Isaías teria alvejado os irmãos e ajudantes de pedreiro Cleuton Sardinha da Costa, 36, e João Bosco Sardinha da Costa, 42, após uma discussão iniciada por conta da interrupção de energia ocasionada pelo homem.

“Em depoimento Isaías confessou a autoria do crime. Segundo ele, os fios de eletricidade foram cortados por uma pá que ele estava usando na construção da casa dele. Após o incidente, os irmãos teriam ido até ele e iniciado uma discussão, que só acabou no momento em que ele entrou em casa, pegou uma arma e atirou nas vítimas”, explicou o delegado.

"Deixamos na casa dele uma intimação para que comparecesse à delegacia para depor sobre o fato", afirmou o delegado Aldeney Goes

“Deixamos na casa dele uma intimação para que comparecesse à delegacia para depor sobre o fato”, afirmou o delegado Aldeney Goes

A autoridade policial disse ainda que Cleuton foi atingido por três tiros na região do tórax e João com um tiro no tornozelo. Eles foram socorridos por populares e encaminhados ao Hospital e Pronto-Socorro Doutor João Lúcio Pereira Machado, na zona Leste de Manaus. Cleuton foi submetido à cirurgia e permanece internado em estado grave. João já recebeu alta médica e recupera-se em casa.

Durante as diligências o delegado representou pedido de prisão preventiva em nome de Isaías, além de mandado de busca e apreensão da arma. Ambos foram expedidos no dia 15 deste mês, pelo juiz plantonista da Comarca de Manaus, Julião Lemos Sobral Júnior.

“Desde o dia do crime estávamos à procura dele. Deixamos na casa dele uma intimação para que comparecesse à delegacia para depor sobre o fato. Ontem, quando ele esteve aqui, dei voz de prisão. No mesmo momento enviei uma equipe para cumprir o mandado de busca na casa dele”, informou Aldeney Goes.

Na residência dele foi encontrada a arma utilizada no crime, um revólver calibre 38. Isaías foi indiciado por tentativa de homicídio qualificado e lesão corporal de natureza grave. Ao término dos procedimentos legais, ele foi encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irá ficar à disposição da Justiça.

Roberto Brasil