Delegação amazonense vai disputar Circuito Loterias Caixa de Atletismo e Natação, em Recife (PE)

By -

O mais importante evento paralímpico regional de atletismo e natação, o Circuito Loterias Caixa, acontece entre os dias 31 de março a 02 de abril, em Recife (PE), e terá quatro atletas amazonenses na disputa. De Manaus, a delegação que ainda conta com quatro profissionais na comissão técnica, segue para o evento na madrugada desta sexta-feira, dia 31, e recebe apoio do Governo do Amazonas, via Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

Reunindo mais de 200 atletas, essa é a primeira etapa do ano do Circuito e compreende o regional Norte-Nordeste. O time baré é composto por Jean Cláudio (natação), Cheine Araújo (atletismo), Dernival Santos (atletismo), Fernanda Ferreira (atletismo), Dimicilia Farias (técnica), Eliana Souza (atleta guia), Fiama Ribos (chefe de delegação) e Getúlio Filho, presidente da Federação de Esporte Paralímpico do Amazonas (Fepam).

Para a competição, Dernival, que disputa a categoria F12, perdeu 12 quilos, saindo de 112 para 100 quilos. A transformação, segundo ele, era necessária para alcançar bons resultados na duas provas que irá disputar: arremesso de peso e lançamento de disco. Atualmente, o atleta amazonense é o terceiro melhor do ranking e o objetivo agora é conquistar a ponta da classificação.

“Com muita atividade física eu consegui emagrecer e ter mais qualidade no meu rendimento. Eu precisava disso, até porque estou buscando crescer na minha modalidade. Todos os dias treino quase quatro horas, durante seis vezes na semana, e começo a ver um diferencial nos meus resultados de treinos e que pretendo levar à competição, principalmente no lançamento de dardo”, destacou.

Servidor público e atleta, Cheine Araújo (F11) é outro que pretende abocanhar o lugar mais alto do pódio pelo Circuito. E ao que tudo indica, a preparação está surtindo efeito. O atleta melhorou o índice em quase 60 centímetros no arremesso de peso e cada vez mais se aprimora no lançamento de dardo.

“No peso, passei de 9.11 para 9.70 centímetros e estou bem empolgado para a competição. Me esforcei bastante e acredito que eu possa me destacar. Confesso que o peso é meu forte, mas tambem vou me esforçar na prova de disco, que atualmente cravo mais de 23”, destacou.

Para o titular da Fepam, Getúlio Filho, a delegação deve trazer resultados positivos para o Amazonas. “O Circuito Caixa é a nossa vitrine. Portanto, nossas potências estarão lá e acredito que nossos atletas vão ter resultados significativos, até porque a etapa Regional é responsável por classificar para a etapa Nacional. Assim, eles vão querer chegar ao índice e medalhar”, considerou.

Roberto Brasil