Déficit de mais de 60 mil domicílios força a prorrogação do Luz Para Todos no AM

By -

robson-bastos-e-sinesio-campos-01Quando foi lançado em abril 2003 pela então Ministra de Minas e Energia, Dilma Rousself, o programa Luz Para Todos tinha como meta  atingir cerca de 2 milhões de brasileiros que ainda não tinham, energia elétrica de qualidade em seus domicílios.

O Luz Para Todos é um programa do Governo Federal iniciado em 2004, teve como objetivo levar energia elétrica para mais de 12 milhões de brasileiros até 2008. Antes do programa, o prazo de universalização do atendimento era o ano de 2015. Coordenado pelo Ministério de Minas e Energia, o Luz para Todos é desenvolvido em parceria com governos estaduais, concessionárias de energia e cooperativas de eletrificação rural e investiu no inicio cerca de R$ 9,5 bilhões, dos quais R$ 6,8 bilhões foram repassados exclusivamente pelo governo federal.

Apesar de já ter beneficiado diretamente mais de 96 mil domicílios somente no Amazonas, existe um déficit de mais de 60 mil domicílios que precisam de receber os benefícios do programa, e para se prorrogar o programa foi realizado uma reunião de trabalho na manhã desta quinta Feira na sede do Ministério de Minas e Energia em Brasília com o Coordenador Nacional do Programa Luz Para Todos, Dr. Aurélio Pavão, o deputado estadual Sinésio Campos (PT) que é o Presidente da Comissão de Geodiversidade da Assembleia Legislativa do Amazonas, Rady Gomes de Oliveira que é o Presidente da Concessionaria Eletrobrás Amazonas Energia e o Coordenador Estadual do Programa Luz Para Todos o engenheiro Robson de Bastos.

O principal assunto discutido na longa pauta foi a prorrogação do programa Luz Para Todos, Sinésio Campos apresentou dados recentes que mostram a necessidade da intensificação do programa no interior do Amazonas, segundo o parlamentar muito já se fez, mas ainda falta muita gente ser atendida. “O Luz para Todos é um dos principais programa sócio econômico do governo federal, pois ele além de conseguir melhora a qualidade de vida das pessoas atendidas, eleva o potencial econômica daquela região beneficiada”, destacou Sinésio.

O coordenador estadual Robson de Bastos citou inúmeras visitas que ve  realizando no interior do Amazonas, ele e demais membros da equipe de apoio vistam frequentemente comunidades ribeirinhas e rurais, que ainda não foram atendidas e precisam de energia elétrica de boa qualidade, “Existe uma ansiedade muito grande daquelas comunidades que ainda não foram contempladas com a implantação do programa, nós nos deslocamos semanalmente para visitar comunidades onde participamos de encontros e mantemos o contato direto com os moradores, e sinto de perto o desejo e o anseio por eles de serem contemplados pelo Luz Para Todos” disse oenegenheiro Robson de Bastos.

A reunião foi longa onde os participantes puderam manter contato com a coordenação nacional do programa que detalhou para os presentes os avanços social e econômicos do programa nessa ultima década, nada mais nada menos que maais dee 15 milhões de brasileiros saíram literalmente da escuridão para vivenciarem uma nova realidade, que é conviver com energia elétrica de boa qualidade e funcionado sem interrupções.

Rady Oliveira endossou as palavras de Sinésio e do coordenador Robson de Bastos dizendo que a Eletrobrás Amazonas Energia é uma empresa que sempre se colocou a disposição do governo federal e não vai medir esforços para que todos os lares do Amazonas tenham energia Eletrica de boa qualidade. “O Luz Para Todos simplesmente mudou a cara do interior do Brasil, hoje você acompanha a olhos nus o desenvolvimento dos municípios, e espero que a prorrogação possa acontecer sem maiores problemas”, destacou Rady Oliveira.

Aurélio Pavão, disse aos presentes, que todos os esforços estão sendo feitos para que a presidenta Dilma faça a prorrogação do programa, que se acontecer, será finalizado no final de 2018. (Texto e Foto: Kennedy Lyra)

Roberto Brasil