Defesa e acusação terão seis testemunhas no julgamento do impeachment

By -
Ricardo Lewandowski

Min. Ricardo Lewandowski

O presidente do STF, Ricardo Lewandowski, definiu ontem que defesa e acusação terão, cada uma, direito a seis testemunhas no julgamento final do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. A votação deve começar no final de agosto. O ministro evitou dar mais detalhes sobre o julgamento final para não antecipar o juízo dos senadores quanto à pronúncia. Mas é esperado que a pronúncia seja aprovada, já que é necessária apenas maioria simples.

Mario Dantas