Defesa Civil do Estado envia ajuda humanitária e madeira para municípios atingidos pela cheia

By -
A ajuda humanitária já beneficiou 154 mil pessoas prejudicadas pela enchente no interior do Amazonas

A ajuda humanitária já beneficiou 154 mil pessoas prejudicadas pela enchente no interior do Amazonas

A Defesa Civil do Estado enviou para as calhas do Médio e Alto Solimões, 92  toneladas de ajuda humanitária (cestas básicas, kits dormitórios, kits higiene, kits medicamentos, purificadores de água e hipoclorito de sódio) para os municípios que permanecem em Situação de Emergência e para os que ainda estão em processo de homologação. Além disso, 250 kits de madeira serão despachados nos próximos dias para o Baixo Solimões.

As 92 toneladas de ajuda humanitária serão distribuídas nos municípios de Tonantins na calha do Alto Solimões, Fonte Boa, Coari, Tefé, no Médio Solimões, e Maraã, no Japurá, que seguem em Situação de Emergência. Também receberão o socorro os municípios de Uarini e Jutaí, no Médio Solimões, que ainda aguardam a conclusão do processo de homologação da solicitação de Emergência.

defesa-civil-am-ajuda-calhas-02Já os 250 kits de madeira (tábuas para assoalho, caibros e ripões) utilizados para a construção de pontes e marombas serão entregues às famílias dos municípios de Anori e Anamã, no Baixo Solimões, que também aguardam reconhecimento do pedido de Emergência.

“As solicitações de Emergência desses municípios já estão sendo analisadas, e, mesmo sem a conclusão do processo, nós nos antecipamos para que o socorro às famílias seja imediato”, ressaltou o secretário da Defesa Civil do Amazonas, coronel Roberto Rocha.

Ao todo, a Defesa Civil do Estado já enviou para os municípios que estão em Situação extrema 454 toneladas de ajuda humanitária para socorrer as mais de 154 mil pessoas prejudicadas pela enchente no interior do Amazonas.

Roberto Brasil