Defesa Civil AM monta nova operação e destina 80 toneladas de alimentos a oito municípios como parte do terceiro ciclo da enchente

By -
A cheia atingiu 92.024 famílias nos 48 municípios do Amazonas

A cheia atingiu 92.024 famílias nos 48 municípios do Amazonas

A Defesa Civil do Estado começa esta semana uma nova etapa de atendimento humanitário como parte do plano de resposta ao desastre do terceiro ciclo da enchente. Nesta fase oito municípios em Situação de Emergência serão contemplados com o apoio do Governo do Estado.

“Nosso objetivo nesta terceira fase de impacto da cheia é garantir o restabelecimento social das famílias. Apesar do Estado apresentar o início da vazante, o impacto do desastre ocasionado pela enchente continua”, garantiu o Secretário Adjunto da Defesa Civil AM, Hermógenes Rabelo.

Os municípios contemplados nesta segunda etapa são: Autazes e Silves, no Médio Amazonas, Codajás e Manaquiri, no Baixo Solimões, Urucará, Maués e Barreirinha, no Baixo Amazonas, e Borba, no Madeira, que totalizam mais de 12 mil famílias afetadas.

11748583_1121026637911833_249720767_n

Com essa nova remessa sobe para 927 toneladas o volume de ajuda humanitária enviada pelo Estado aos 48 municípios em anormalidade este ano. Além de garantir a proteção alimentar, o Governo também disponibilizou aos afetados kit´s dormitório (colchões, redes, mosquiteiros), kit´s de higiene pessoal, medicamentos, filtros de água, água potável, hipoclorito de sódio e madeira para a construção de marombas e pontes. E para 12 municípios destinou o aporte financeiro na ordem de R$ 3,450 milhões.

Áida Fernandes