Defensoria Itinerante: Pensão alimentícia é a principal demanda dos moradores da Zona Sul

By -
Serviços na área do direito da família são oferecidos em Defensoria Itinerante.

Serviços na área do direito da família são oferecidos em Defensoria Itinerante.

Da Redação – Pelo segundo dia, a Defensoria Pública do Estado (DPE-AM), prestou serviços com o projeto Defensoria Itinerante aos moradores de 14 bairros da Zona Sul de Manaus, no Centro Integrado de Segurança (CIS-Zona Sul).

"A demanda maior apresentada aqui foi a questão de pensão alimentícia", diz coordenadora.

“A demanda maior apresentada aqui foi a questão de pensão alimentícia”, diz coordenadora.

De acordo com a coordenadora do projeto, Georgia Jucá, ontem a média foi de 70 atendimentos e até o meio dia de hoje já estavam em aproximadamente 50. Segundo ela, a maior demanda nos dois dias foi a questão de pensão alimentíncia.

No entanto, a defensoria itinerante ofereceu nesses dois dias, os serviços na área do direito de família como: divórcio, pensão alimentícia, guarda, reconhecimento e solução de união estável, entre outros.

Segundo Jucá, no próprio local já foram realizadas petições iniciais para darem entrada no judiciário. “Aqui a pessoa já sai com o número do processo e para onde elas tem que ir, após nosso atendimento aqui”, pontuou.

"A defensoria está cumprindo seu papel fazendo o atendimento chegar ao cidadão que não tem condições de ir até a sede da Defensoria Pública", ressaltou o defensor Antonio Cavalcante.

“A defensoria está cumprindo seu papel fazendo o atendimento chegar ao cidadão que não tem condições de ir até a sede da Defensoria Pública”, ressaltou o defensor Antonio Cavalcante.

Para o defensor Antonio Cavalcante Albuquerque, o objetivo do projeto é alcançar às populações dos bairros mais distantes, onde a defensoria itinerante vai atender uma demanda reprimida e o resultado, segundo ele, tem sido positivo.

“Realmente a população tem uma demanda reprimida e a gente tem uma receptividade da população e a Defensoria está cumprindo seu papel, porque ás vezes o cidadão não tem condições de pegar o ônibus para dar entrada numa ação, então, a defensoria vindo próximo a casa dele, ele pode vir e encontrar soluções gratuitas”, pontuou o defensor.

onibus

Vinte servidores, entre o pessoal da logística, assistente jurídicos e o defensor, Antonio Cavalcante foram deslocados para esta ação da Zona Sul. Os moradores dos bairros da Betânia, Cachoeirinha, Colônia Oliveira Machado, Crespo, Educandos, Japiim, Morro da Liberdade, Aparecida, Petrópolis, Raiz, Santa Luzia, São Lázaro e Vila Buriti foram os beneficiados com a defensoria itinerante na Zona Sul de Manaus . Essa foi a primeira ação itinerante da Defensoria Pública neste ano de 2014.///Moara Cabral – Fotos: Áida Fernandes.

Redação