Decisão do prefeito de nomear vereadores para secretarias foi acertada, afirma Wilker Barreto

By -
Artur Neto | Wilker Barreto

Artur Neto | Wilker Barreto

As mudanças que o prefeito Artur Neto (PSDB) promoveu nos últimos dias na estrutura do Poder Executivo Municipal e que refletiu na atual composição da Câmara Municipal de Manaus (CMM), com a licença dos vereadores Gilmar Nascimento (PDT) para assumir a Secretaria Municipal de Administração (Semad) e de Sildomar Abtibol (Pros) para o comando da pasta de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel) foram consideradas positivas pelo presidente do legislativo municipal, vereador Wilker Barreto (PHS).

Na conversa com os jornalistas, Wilker fez questão de ressaltar a experiência dos parlamentares na área do desporto e da administração. “O prefeito nomeou o vereador Sildomar Abtibol que tem uma grande experiência com o esporte. O vereador Gilmar tem um grande know how na questão administrativa e jurídica e o vereador Carijó tem uma vasta experiência na questão de projetos, já foi prefeito de Manaus e conhece bem o funcionamento da máquina”, disse.

A nomeação de Gilmar para a Semad foi publicada na edição do dia 27 de abril de 2015 do Diário Oficial do Município. Com a saída temporária do pedetista para o Executivo, assume o vereador Luiz Alberto Carijó (PDT) que já foi anunciado pelo prefeito Arthur para assumir a pasta de secretário extraordinário de projetos, vaga criada com a reforma administrativa aprovada neste mês pela Câmara Municipal de Manaus.

A nomeação de Sildomar Abtibol para a Secretaria de Esportes foi publicada na edição do dia 28 de abril de 2015 também do diário oficial que circulou na manhã desta quarta-feira (29).

Suplentes – Wilker explicou que aguarda os comunicados oficiais das licenças dos dois parlamentares para marcar a posse dos suplentes. “Os vereadores que foram nomeados entram com requerimento solicitando a licença. Temos 15 dias para regimentalmente convocar os suplentes, mas ninguém vai esperar e vamos ser o mais célere para que seja mantido o quórum dos 41 vereadores”, explicou.

Sobre a chegada dos suplentes Joelson Silva (PHS) e Jaildo dos Rodoviários (PCdoB), Wilker declarou que ambos possuem legitimidade e representatividade. “Todos eles com boas votações nas urnas. Se fosse invertida a lógica dos 41 mais votados, eles estariam aqui. A Câmara entende que eles  ( Joelson e Jaildo) têm total legitimidade na sua representatividade. O vereador Jaildo tem experiência parlamentar e o Joelson teve 7 mil e poucos votos, ou seja, eles chegam à essa casa com muita tranquilidade e representatividade”, destacou Wilker.

Roberto Brasil