Debate na OAB: Braga diz que ausência de Amazonino foi falta de propostas

By -

Braga respondeu às perguntas preparadas pela produção do debate e por jornalistas

Pela segunda vez, neste segundo turno das eleições suplementares ao governo do Amazonas, o candidato Amazonino Mendes (PDT) não foi a um debate promovido por entidades amazonenses para dar aos eleitores a oportunidade de ouvir a discussão de propostas para o comando do Estado. Na noite desta quinta-feira (17), o debate promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Amazonas (OAB/AM) teve a participação do candidato Eduardo Braga (PMDB), que respondeu às perguntas preparadas pela produção do debate e por jornalistas.

A assessoria de Amazonino informou que quando a coordenação da campanha recebeu o convite para o debate, o candidato já havia se comprometido com uma reunião, entrevistas a órgãos de imprensa e participaria de um comício, às 21h, no bairro Grande Vitória, na zona leste de Manaus.

O diretor-geral da Escola Superior de Advocacia, Paulo Trindade, disse que o convite para os candidatos foi encaminhado na segunda-feira (14), um tempo considerado hábil pelos organizadores. “No entendimento da organização, houve tempo hábil para compatibilidade de agenda e para que o candidato Amazonino Mendes estivesse aqui. Ele não está. Respeitada a posição dele, sigamos com o candidato Eduardo Braga que veio”, afirmou Trindade.

Pelas regras do debate, se um dos candidatos não estivesse presente, o outro teria 30 minutos para responder as perguntas da produção.

Cerca de 300 pessoas acompanharam a entrevista no auditório da OAB.

D24AM/Foto: Divulgação

Roberto Brasil