Cunhado confessa ter matado sobrinha-neta de Sarney

By -
Lucas Porto, acusado de assassinar Mariana Costa, sobrinha-neta de José Sarney

Lucas Porto, acusado de assassinar Mariana Costa, sobrinha-neta de José Sarney

O empresário Lucas Porto confessou, em depoimento à polícia, ter matado a cunhada, Mariana Menezes de Araújo Costa Pinto, sobrinha-neta do ex-presidente José Sarney. A informação foi divulgada pelo secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, em entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira, em São Luís. Segundo Portela, o empresário, de 37 anos, afirmou que a motivação seria uma “paixão incontida” que sentia por Mariana.

O depoimento que terminou com a confissão foi prestado na Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP) e terminou nesta madrugada. “Ele disse que tinha uma afeição muito forte por Mariana. Foi ao quarto, que estava com a porta encostada, e encontrou a cunhada sem roupa. Lá, resolveu consumar seu desejo sexual. Daí se chegou à morte”, disse o secretário. “Ele disse que tinha uma paixão incontida pela cunhada. Mas seguimos com as investigações”, declarou o secretário.

De acordo com Portela, a polícia deve confirmar se o depoimento de Lucas Porto tem procedência. No primeiro momento, o empresário negou a autoria do crime, mas, segundo a polícia, estava se recusando a fornecer informações.

com VEJA

Roberto Brasil