‘Cumpri uma etapa da minha vida’, diz Alessandra Campêlo ao anunciar desfiliação do PCdoB

By -
Dep. Alexandra Campelo

Dep. Alexandra Campêlo

Depois de 21 anos de militância, a deputada estadual Alessandra Campêlo anunciou sua desfiliação do PCdoB na sessão plenária desta quinta-feira, 10 de março, na Assembleia Legislativa do Amazonas. Nesta sexta-feira, 11, a parlamentar fará sua filiação oficial no PMDB, durante a Convenção Nacional que acontece em Brasília.

“Cumpri uma etapa da minha vida, da minha militância política e da minha história. Saio pela porta da frente, assim como entrei pela porta da frente. Num momento de muitas mudanças políticas no nosso País, eu saio do PCdoB deixando lá muitos amigos e não os deixarei porque continuarão sendo meus amigos. Saio com muita gratidão pelo que aconteceu de bom e de ruim, porque o de bom nos trouxe felicidade e o que aconteceu de ruim nos trouxe lições”, explicou a única mulher da atual legislatura na Casa.

Sobre o novo desafio, Alessandra exaltou a liderança do ministro Eduardo Braga, senador licenciado que preside o PMDB no Amazonas. A deputada também destacou a capilaridade do partido nos municípios do interior.

“O PMDB é um partido consolidado no Amazonas e é um dos maiores partidos do Brasil. Além disso, tem um trabalho forte no interior e eu fui uma parlamentar votada nos 62 municípios, metade da minha votação veio do interior do Estado. Eu precisava de um partido que me permitisse continuar esse trabalho no interior”, justificou Alessandra, sobre a escolha da nova sigla.

Deputada Alessandra anuncia saída do PCdoB - foto 3 - by Jimmy Christian

“Eu chego para ajudar o PMDB a crescer com minha militância e experiência, somando com o senador Eduardo Braga e outros membros do partido. Vou me dedicar ao meu mandato de deputada estadual e se o PMDB precisar do meu nome estarei à disposição. Lá nós temos o pré-candidato Marcos Rotta, que está muito bem nas pesquisas, e dificilmente haveria uma troca de nomes”, observou Alessandra, acrescentando: “Mas se o partido precisar estou à disposição para a tarefa que me for dada”.

Sem mágoa ou ressentimento

Em coletiva, Alessandra enalteceu sua história dentro do PCdoB, reconheceu o papel da sigla no seu crescimento político e destacou os camaradas valorosos que se transformaram em amigos ao longo de sua trajetória.

“Saio sem mágoa e ressentimento, pois o partido foi uma grande escola política e aprendi muito no PCdoB ao longo desses 21 anos de militância com camaradas valorosos”, concluiu.

Mario Dantas