Cultura Popular: Grupos Folclóricos do Amazonas pedem que Hissa Abrahão os ajude a acabar com festa “Setembrina” em Manaus

By -

grupo1Em vários países, as Festas Juninas ou Festas dos Santos Populares (Santo Antonio, São Pedro e São João), ocorrem tradicionalmente no mês junho, conforme costumes estabelecidos em seus calendários desde a Idade Média. Aqui em Manaus, porém, há alguns anos as danças folclóricas tem se deparado com a realização do evento popular nos meses julho, agosto e até em setembro (caso recente). O fato é motivo de revolta entre os brincantes. Em reunião nesta segunda, 30, mais de 50 entidades juninas estiveram com o vice-prefeito de Manaus e candidato à Deputado Federal, Hissa Abrahão (PPS) e lhe pediram ajuda para que o festival volte a ter o glamour de antigamente e seja realizado na data de origem: em junho.

 

grupo

“A festa junina no Amazonas é em setembro. E ainda reclamam que não tem público. Não tem público nem clima para dançar. Infelizmente, as autoridades não estão dando o devido valor ao que é o maior projeto no Amazonas. Por meio de nossa cultura popular conseguimos evitar que mais de cem mil jovens enveredem por caminhos errados. A cultura em nosso Estado é elitizada”, desabafou é do presidente da União Interestadual de Entidades Juninas do Norte, Elson Rocha, 37 anos.

Na opinião de Rocha, Hissa Abrahão será o deputado da cultura do Amazonas e quem vai os ajudar a trazer de volta o grande espetáculo. “Confiamos que ele vai valorizar nossa cultura que esta esquecida. Ele pode fazer um projeto para isso”, completou o presidente.

“Para mim, o Hissa é o melhor candidato. Os outros não são confiáveis e ele tem as melhores propostas para o Amazonas”, disse o presidente da Quadrilha Forrozano na Roça, Nahim Araújo, de 32 anos. Em meio as crianças o sentimento também é de esperança por um novo momento na cultura popular do Estado.

grupo3

“Acho que ele vai ser um exemplo para os jovens. Ele é legal e sério”, disse Kailane de Freitas, de 10 anos. “Eu acho o Hissa muito interessante. Ele vai ajudar a gente”, completou Maria Sandy, de 11 anos. Por parte da juventude, uma geração também espera ansiosa por melhorias.

“Hissa tem as melhores propostas para a cultura. Temos pressa que isso seja logo resolvido. Mais jovens poderiam estar com a gente”, disseram os integrantes da Quadrilha Caipira “Os Afobadinhos na Roça”, André Rocha, 21 anos, e Thiago Mastop, de 16, que vai votar este ano pela primeira vez.

“E vou votar feliz no Hissa Abrahão”, justificou.

De acordo com o candidato, ele já está ciente dos problemas enfrentados pelos Grupos Folclóricos do Estado. “Eles sabem que podem contar comigo para ajudá-los neste resgate. Serei sim, com as bençãos de Deus e da população, a voz que vai representá-los. E vou fazer barulho”, prometeu Abrahão.

Mario Dantas