CRCAM e OAB firmam parceria pela reforma política no Brasil

By -
ooab
A Comissão de Mobilização para Reforma Política da Ordem dos Advogados do Brasil, seção Amazonas (OAB-AM), esteve na sede Conselho Regional de Contabilidade do Amazonas/ CRAM, em reunião com a Presidente Edna Dinelli e o Vice-Presidente, conselheiro Manoel Júnior, em razão do ingresso da autarquia contábil na ação que visa coletar 1 milhão e meio de assinaturas, em apoio ao Projeto de Lei 6316/13.

Foto: (E) Membro da Comissão OAB, Márcio Araújo; Presidente da Comissão OAB, Carlos Santiago; Presidente Edna Dinelli, VIce-Presidente Manoel Jr, Secretário da Comissão OAB, Derli Passos da Silva.
O PL de Reforma Política defende quatro pontos:
1. extinguir o financiamento de campanhas políticas por pessoas jurídicas;
2. determinar que os partidos políticos explicitem as ideias e propostas detalhadamente, permitindo que os eleitores votem nas propostas e não nas pessoas, como tem ocorrido;
3. dar maior condição de acesso à vida política aos índios, negros e mulheres, visto que o Brasil apresenta um número de mulheres envolvidas na área política abaixo de países islâmicos, segundo o Presidente da Comissão, Carlos Santiago;
4.utilizar mais a democracia direta como referendos e plebiscitos, a fim de avaliar obras públicas, serviços de concessionárias, dentre outros.
Além do CRCAM, já aderiram à campanha mais de 103 entidades, dentre elas, a CNBB o Sindicato dos Jornalistas, a Central Brasileira de Trabalhadores e a União Nacional de Estudantes.

Mario Dantas