CPI ressurge na Aleam após eleição

By -

Um grupo de deputados  influentes na Assembleia Legislativa do Estado (ALE/AM) decidiu desarquivar a “CPI da Maus Caminhos”. O plano é ressuscitar a Comissão Parlamentar de Inquérito ainda este mês. Na semana passada, o grupo teve uma reunião reservada para tratar do assunto. Três personagens estão no alvo dos parlamentares: o governador cassado José Melo (Pros), o senador Omar Aziz (PSD) e o governador eleito Amazonino Mendes (PDT).

O interesse súbito dos deputados pela apuração de desvios de recursos na saúde do Estado se dá um ano após a Polícia Federal ter deflagrado a “Operação Maus Caminhos”, que apontou rombo de R$ 100 milhões na Saúde do Amazonas.

À época, a oposição penou para alcançar as assinaturas suficientes a fim de aprovar a CPI. Obteve os oito apoios necessários, mas, por “vários motivos”, a maioria dos deputados retirou as assinaturas. Agora, se arrependeram.

Na análise feita pelos parlamentares, empresas ligadas a apoiadores de Amazonino Mendes podem ser atingidas.

SIM&NÃO/PAC

Roberto Brasil