Convenção Estadual discute rumos da profissão de turismólogo

By -

informa-blogdafloresta2014

No próximo dia 27 de setembro, é comemorado o dia Estadual do Turismólogo. E para celebrar a data, a Associação Brasileira de Bacharéis em Turismo – Seção Amazonas – (Abbtur/AM), em parceria com a Comissão de Turismo da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), vai realizar nesse dia a primeira Convenção Amazonense dos Turismólogos, com o tema: “Turismólogo: profissão de interesse público”.

 O objetivo é discutir o desenvolvimento da atividade turística no Amazonas e no País com seus desafios no mercado de trabalho, bem como dar continuidade na estruturação de um documento para buscar uma resolução que venha a criar a Confederação dos Turismólogos. O evento é gratuito e direcionado para  profissionais do ramo, estudantes de turismo e interessados na área. A convenção vai acontecer, das 8h às 14h, no Auditório Belarmino Lins na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), Avenida Mário Ypiranga Monteiro, Parque Dez, zona sul de Manaus.

 O evento terá a presença do presidente da ABBTUR Nacional, Elzário Pereira, da presidente da ABBTUR- Seção Rio de Janeiro, Tânia Omêna, e da presidente da ABBTUR- Seção Santa Catarina, Silvia Cabral. A Convenção conta com apoio do Presidente da Comissão de Turismo e Empreendedorismo (CTUR) da Aleam, deputado estadual Francisco Souza.

 Fortalecimento – O Estado do Amazonas possui cerca de cinco mil turismólogos formados e mais mil em formação nas universidades e, segundo o  presidente da ABBTUR–AM, Itamar Souto, é necessário fortalecer o diálogo com os profissionais e acadêmicos para aperfeiçoar os trabalhos no segmento.

 “Para muitas pessoas o turismo ainda possui a visão de uma “indústria sem chaminé”, e assim acham que a atividade não proporciona impactos negativos. Pelo contrário, uma atividade mal planejada ou não planejada resulta na degradação ambiental e sociocultural de uma localidade, sem aproveitar o potencial turístico que temos em nossa região”.

 Veto – A Lei nº 12.591 de 18 de janeiro de 2012 reconheceu a profissão de Turismólogo e disciplinou seu exercício, mas teve o veto do Art.1º que regulamentava o Profissional. O argumento utilizado para o veto foi que a Constituição, em seu Art. 5º, inciso XIII, assegura o livre exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, cabendo a imposição de restrições apenas quando houver a possibilidade de ocorrer algum dano a sociedade.

 Avanços – A profissão de turismólogo já conquistou alguns marcos legais que fortaleceram a atividade turística e ao profissional no País como: O Dia Mundial do Turismo instituído pela OMT; Dia Nacional do Bacharel em Turismo; Lei Estadual 3.822/2012, Dia Estadual do Turismólogo; a Lei 11.771 em 17 de setembro de 2008 – Lei Geral do Turismo dentre outros.

 Inscrições – Para participar, é necessário fazer a inscrição gratuita no site: www.depsouza.com. Informações: (92) 3183 – 4531 / (92) 99177-1912.

Mario Dantas