Conselho Regional de Educação Física autua 691 academias no Amazonas em 2015

By -

autuacoes-conselho-educacao-fisica-1O Conselho Regional de Educação Física da 8º Região (CREF8) realizou, em 2015, 576 autuações de irregularidades em Manaus e 115 no interior do Amazonas.  O número abrange situações que envolvem academias e também profissionais da área. Todas foram constatadas durante ações de fiscalização, realizadas as vezes só e outras em parcerias com órgãos municipais e estaduais.

autuacoes-conselho-educacao-fisica-5A intenção é continuar com as ações de fiscalização no interior do Estado, em 2016. Ano passado estivemos em diversos municípios, mas o nosso desafio é realizar estas ações em todo o Amazonas. Não é uma missão fácil de ser executada, pois moramos no Estado com maior dimensão territorial do país. Mas, com trabalho e perseverança tenho certeza que neste ano estaremos em mais municípios”, comentou o presidente do CREF8, Jean Carlo Azevedo da Silva.

autuacoes-conselho-educacao-fisica-4No Amazonas, existem 382 academias registradas no Conselho de Educação Física. Destas, 261 estão ativas em Manaus e 21 no interior. Durante as fiscalizações desenvolvidas no decorrer de 2015, 15 academias foram interditadas e fechadas pelo CREF8. A maioria delas já havia sido autuada anteriormente.

autuacoes-conselho-educacao-fisica-2“O Conselho não tem por objetivo principal fechar academias de educação física, mas como o órgão preza pelo bom desempenho do profissional e pela segurança da população, existem situações extremas. Todas as academias interditadas já haviam sido autuadas anteriormente, ou seja, a gente fiscaliza e esclarece o empresário para que ele preste um serviço com excelência, e de acordo com as Leis”, observou o professor Antônio Figueiredo, responsável pelas ações de fiscalização no Amazonas.

autuacoes-conselho-educacao-fisica-3O CREF8 registrou 65 novas academias em 2015, no Amazonas. As ações de fiscalização, além da capital Manaus, aconteceram em Tefé, Coari, Presidente Figueiredo, Manacapuru, Parintins, Codajás, Barreirinha, Maués, Novo Airão, Iranduba e Autazes.

Roberto Brasil