Conselho Nacional de Combate à Discriminação contra LGBT se reúne amanhã em Manaus

By -

A Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) e o Ministério dos Direitos Humanos realizam pela primeira vez em Manaus, nos dias 24 (segunda-feira) e 25 (terça-feira) de abril, a 38ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Combate à Discriminação contra Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais e Trânsgêneros (LGBT).  O evento será realizado das 8h às 18h, no auditório do Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques (Av. Constantino Nery, 5001 bairro Alvorada, zona Oeste).

O objetivo é chamar a atenção dos membros do conselho, participantes e da sociedade sobre questões relacionadas às ações, direitos e políticas públicas voltadas ao público LGBT. “Vamos fazer um apanhado das ações em desenvolvimento no Amazonas e nos demais estados do Brasil, discutir entraves, o que deve ser feito para que políticas públicas sejam efetivadas, prevenção e combate à violência, legislação e demais assuntos pertinentes aos direitos dos LGBT”, explica a titular da Sejusc, Graça Prola.

Com a realização da reunião em Manaus, proposições prioritárias no Plano de Trabalho do Conselho para o ano de 2017 serão discutidas, como a ampliação do número de Conselhos Estaduais, já que no Amazonas não existem em nenhuma esfera. Além disso, será intensificado o trabalho do Conselho Nacional no enfrentamento à violência contra a população LGBT na região e a criação de um sistema oficial de registro e acompanhamento de casos violentos, já que o Brasil não possui sistemas de informação que possam acompanhar o aumento da mortalidade de LGBT baseada na orientação sexual e na identidade de gênero. No Amazonas, a Sejusc contabilizou, em 2017, um total de 29 assassinatos de LGBT, dos quais 25 ocorreram em Manaus.

Roberto Brasil