Comunidade Científica lança Manifesto Contra a Extinção do MCTI e promove ato com abraço simbólico no INPA

By -

Convitatt (1)

A proposta de fusão do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) com o Ministério das Comunicações (MINICOM), tem gerado protesto entre a comunidade científica do Amazonas. Para os pesquisadores isso é um retrocesso perigoso para a ciência e tecnologia no país.

Contrários à fusão, servidores, pesquisadores e estudantes do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia fazem o lançamento do Manifesto da Comunidade Científica do INPA contra a extinção do MCTI, nesta quinta-feira, dia 2 de junho, às 15h, no Auditório do Bosque da Ciência em Manaus.

Na oportunidade será lançada, também, a Campanha Nacional contra a portaria nº 079/2016 do INPA, que veda e persegue o direito à liberdade de expressão no Instituto, onde pesquisadores e servidores organizaram um Comitê em Defesa da Democracia.

A programação desta quinta irá encerrar com um ato em frente ao INPA e um abraço simbólico na instituição que tem grande representatividade em C&T em todo o país.

Para a pesquisadora, Sônia Alfaia, A junção de atividades tão diferentes em um único ministério vai enfraquecer ainda mais o setor de C&T. Além do mais, de acordo com a pesquisadora, essa medida não resultou de um debate democrático, mas de uma imposição por uma medida provisória de um governo interino, que assumiu de forma arbitrária e está causando o desmonte de setores essenciais do estado brasileiro, entre esses, o de C&T.

Mario Dantas