Comitiva de Bangladesh visita escolas da rede municipal

By -

comitiva-educacao-bangladesh-2O secretário-geral de Qualidade de Educação, de Bangladesh, Mahamud Ui-Hoque, juntamente com uma comitiva de assessores, esteve, na manhã desta quarta-feira, 25, em Manaus, onde visitou as escolas municipais Arthur Virgílio Filho, no quilômetro 15, da BR-174, e Vicente de Paula, no bairro Japiinlândia, zona Sul, para conhecer a gestão educacional do município.

comitiva-educacao-bangladesh-4Bangladesh é um País asiático de extensão geográfica pequena, 45 vezes menor que o Brasil, mas com uma população de quase 160 milhões de habitantes. O secretário, que também é responsável pelo projeto de melhoria e acesso à educação daquele País, afirmou que veio a Manaus porque acredita que o Brasil vive um cenário de desenvolvimento parecido com o de Bangladesh. A comitiva já visitou Brasília e, nesta quinta-feira, 26, estará no Rio de Janeiro.

comitiva-educacao-bangladesh-3“Manaus tem vários aspectos parecidos com Bangladesh, o clima, a geografia. Visitamos para conhecer o que é feito na educação de Manaus e tentar aplicar em Bangladesh”, disse Mahamud Ui-Hoque.

comitiva-educacao-bangladesh-5Na Vicente de Paula, a comitiva foi recebida com aplausos por parte dos 1,6 mil alunos que estudam no colégio. A escola já recebeu três prêmios de qualidade de gestão. Os visitantes observaram a estrutura física do prédio, o corpo docente e conheceram os projetos desenvolvidos na unidade de ensino com os estudantes, como o Samsung Smart School, que é uma sala 100% digital e onde cada estudante tem um tablet e se comunica com o professor, tornando a aula interativa.

comitiva-educacao-bangladesh-1A secretária Municipal de Educação (Semed), Kátia Schweickardt, acredita que a visita mostra que a educação de Manaus tem se destacado a ponto de chamar a atenção de outra nação, e serviu, também, para estreitar laços com outros países. Segundo ela, esse interesse está relacionado à percepção de que o Brasil está avançando em termos educacionais.

“É uma perspectiva nova que vem se desenhando no mundo em termos de alianças. O governo de Bangladesh ter nos procurado foi interessante para mudarmos o modo da gente se perceber e valorizar muito daquilo que a gente vem fazendo. Quando verificamos tudo que estamos desenvolvendo, percebemos o quanto nós já avançamos, o quanto nós podemos multiplicar as experiências boas que a gente já vem fazendo”, destacou.

Roberto Brasil